Slots 777

Navios da Marinha realizam em alto mar transferência de carga empregando aeronave SH-16, durante a Operação “Amazônia Azul - Mar Limpo é Vida”

26/10/2020
 


Aeronave SH-16 (Seahawk) iniciando a retirada da carga a ser transportada
 
OPorta-helicópteros Multipropósito “Atlântico” realizou, em 22 de outubro, transferência de carga externa para o Navio Doca Multipropósito (NDM) “Bahia”, empregando aaeronave SH-16 (Seahawk),subordinada ao 1º Esquadrão de Helicópteros Antissubmarino, a cerca de 90 quilômetros do litoral da praia deJericoacoara(CE).
 
A transferência ocorreu durante a patrulhanaval que os dois navios realizavam por ocasião da 4a fase da Operação “Amazônia Azul - Mar limpo é vida”, que tem o propósito de monitorar as áreas oceânicas e litorâneas atingidas pelo criminoso derramamento de óleo que atingiu, no ano de 2019, parcela significativa da Amazônia Azul. Na ocasião, os navios não observaram nenhuma anormalidade na área patrulhada.
 


Aproximação da aeronave SH-16 (Seahawk) junto ao NDM “Bahia”
para transferência da carga
 
AMarinha permanece monitorando as Águas Jurisdicionais Brasileiras, por meio do acompanhamento do tráfego marítimo e ação de presença, a fim de identificar qualquer presença de óleo que ameace o meio ambiente marinho.
 

Rebocador de Alto-Mar “Tritão” realiza ação para coibir pesca ilegal no litoral Sul

23/10/2020
 


Momento da abordagem da embarcação
 
O Rebocador de Alto-Mar “Tritão” realizou, no período de 19 a 21 de outubro, atividade de Patrulha Naval e apoio ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), no litoral do Rio Grande do Sul, com o propósito de coibir a pesca ilegal.
 
Na ação, que contou com a participação da Capitania dos Portos do Rio Grande do Sul, da Polícia Federal e da Patrulha Ambiental da Brigada Militar(Patram), foi apreendida uma embarcação, que apresentava irregularidades colocando em risco a segurança dos tripulantes,e encontrados a bordo 700 quilos de pescado ilegal, obtidos no período de “defeso”.
 
O “defeso” tem por objetivo proteger os organismos aquáticos durante sua reprodução, no período de 1º de setembro a 31 de outubro, nas regiões situadas nas profundidades entre 100 e 600 metros, para o litoral Sudeste e Sul do País, bem como, promover a utilização sustentável dos recursos do mar.
 


Equipes da Marinha, Ibama e Patramna ação
 

Comandante da Marinha visita obras do Hospital Naval de Brasília

22/10/2020
 


O Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques, e oficiais do HNBra
 
No dia 8 de outubro, o Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior, visitou as obras de ampliação e revitalização doHospital Naval de Brasília (HNBra), organização militar subordinada ao Comando do 7º Distrito Naval.
 
A reforma, que teve início em janeiro deste ano, incluia construção de umaUnidade de TerapiaIntensiva,desetor de endoscopia, além de mais ambulatórios e consultórios, aumentando a capacidade de atendimento de saúde oferecidoa militares, servidores civis e dependentes.
 

Navio Oceanográfico “Antares” recebe a Comissão de Inspeção e Assessoria de Adestramento

22/10/2020
 


Inspetores acompanham exercícios a bordo do NOc “Antares”
 
Durante o período de 25 de agosto a 25 de setembro, o Navio Oceanográfico (NOc) “Antares”, subordinado ao Grupamento de Navios Hidroceanográficos, recebeu a Comissão de inspeção e Assessoria de Adestramento (CIAsA) para realização da inspeçãooperativa, visando ascender à fase2deadestramento e retomar às lides hidrográficas.
 
A CIAsA buscou proceder às inspeções e realizar os exercícios necessários para elevar o nível de adestramento do navio. Durante a verificação de eficiência, foram realizados exercícios de homem ao mar, avaria na giro, fora de leme, exercícios decontrole de avarias e postos de abandono/GSD.
 
O navio teve seu desempenho considerado aprovado pelo CIAsA, estando pronto para realizar com segurança e eficácia as tarefas que lhe forem atribuídas.
 


Navio Oceanográfico "Antares" ascende à fase2deadestramento
 

Navio-Patrulha Oceânico “Apa” participa da Operação “Grand African Nemo 2020”

22/10/2020
 


Foram realizados exercícios de abordagem em navios para adestramentos
dos grupos de visita e inspeção
 
O Navio-Patrulha Oceânico (NPaOcApa) “Apa”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sudeste, participou da Operação “GrandAfricanNemo 2020”, no período de 5 a 9 de outubro, no Golfo da Guiné.
 
A operação tem o propósito de treinar as Marinhas dos países da África Ocidental e dos países participantes para incrementar a segurança marítima no Golfo da Guiné, por meio de adestramentos e exercícios de combate aos ilícitos marítimos. A edição de 2020, apesar das restrições impostas pela Covid-19, contou com a participação das Marinhas da França, Estados Unidos da América, Itália e Brasil, além das Marinhas dos países do continente africano: Senegal, Guiné, Togo, Benin, Nigéria, Gabão, Congo e República Democrática do Congo.
 
O NpaOc “Apa” realizou exercícios no mar com os Navios-Patrulha “Kedougou”, “Anambe” e “Soungrougrou”, e com o Destacamento de Operações Especiais da Marinha Nacional do Senegal. Foram simulados cenários operativos que visavam à repressão ao tráfico de drogas e à pirataria, bem como à proteção de plataformas petrolíferas. Também foram conduzidos os procedimentos de interrogação, interceptação e acompanhamento de embarcações suspeitas, além da aproximação e abordagem do grupo de visita e inspeção dos navios de ambos os países.
 
Em proveito à presença da aeronave “Falcon 50”, da Marinha francesa, foi realizado, ainda, o exercício de trânsito sob ameaça aérea com o NpaOc “Apa”, com o objetivo de adestrar as equipes de bordo durante as aproximações de ataque da aeronave.
 


Grupo de visita e inspeção do Navio-Patrulha Oceânico “Apa” realiza
adestramento de abordagem em contato de interesse
 
AGrand African Nemo”ea “Obangame Express” são as duas operações multilaterais realizadas anualmente no Golfo da Guiné que contam com a presença da Slots 777. A participação brasileira, além de incrementar a interoperabilidade entre as Marinhas, reforça os laços de amizade com os países da costa ocidental africana, contribuindo para a segurança marítima da região e, sobretudo, fortalecendo a Zona de Paz e Cooperação do Atlântico Sul, de modo a consolidar o Brasil como ator regional relevante e influente em nosso entorno estratégico.

Banda de Música da Marinha realiza apresentação em Belém (PA)

22/10/2020
 


Militares do 2°BtlOpRib participam da celebração do Círio de Nazaré
 
Nos dias 17 e 19 de outubro, a Banda de Música do 2° Batalhão de Operações Ribeirinhas (2°BtlOpRib) realizou uma apresentação no Largo de Nazaré, em Belém (PA), como parte das comemorações do Círio de Nazaré, evento tradicional na cidade, que neste ano, teve a sua programação modificada e limitada por conta da pandemia.
 
Na ocasião, o local recebeu ação de descontaminação preventiva, executada pela Equipe de Resposta Nuclear, Biológica, Química e Radiológica do 2°BtlOpRib, a fim de evitar a propagação do novo coronavírus. A atividade ocorreu seguindo os protocolos de segurança e higiene estabelecidos pelas autoridades da cidade.
 

Navio-Patrulha “Graúna” realiza exercício com meios da Esquadra no litoral do Rio Grande do Norte

22/10/2020
 
Militares guarnecempostos de combate durante exercício de trânsito com oposição de superfície
 
No período de 14 a 16 de outubro, o Navio-Patrulha “Graúna”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste, realizou exercício de trânsito com oposição de superfície com os meios da Esquadra no litoral do Estado do Rio Grande do Norte.
 
Durantea atividade, o Navio-Patrulha “Graúna” atuou comoameaça,sendo o figurativoinimigo, para que os navios da Esquadra pudessem verificar suas habilidades de defesa.Oexercício contribuiu para manter o elevado nível de adestramento dos meios envolvidos durante operações em tempos de paz.
 
Em proveito da ação, os militares também realizaram atividades de inspeçãonavalem conjunto com ações de conscientização sobre a prevenção à Covid-19, com a disseminação de orientaçõesàs embarcações pesqueiras por chamadas rádio VHF e distribuição de kits contendo máscaras descartáveis, álcool em gel e informativos sobre o novo coronavírus.
 


Navio-Patrulha “Graúna” realiza ações deinspeçãonaval no litoral potiguar
 

Secirm participa da 31° Reunião de Administradores de Programas Antárticos Latino-americanos

22/10/2020
 


Sessão Plenária virtual
 
Nos dias 20, 21 e 22 de outubro, foi realizada, pela primeira vez em um formato virtual, a 31° Reunião de Administradores de Programas Antárticos Latino-americanos (Rapal), sob a coordenação do Instituto Antártico Argentino. A delegação brasileira contou com representantes do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações, do Ministério do Meio Ambiente, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, e dos oficiais da Secretaria da Comissão Interministerial para os Recursos do Mar envolvidos no gerenciamento e condução do Programa Antártico Brasileiro (Proantar). Participaram, ainda, representantes dos demais países membros da Rapal – Argentina, Chile, Equador, Peru e Uruguai – e da Colômbia e Venezuela, na qualidade de observadores.
 
Além das sessões plenárias, especialistas analisaram um total de 58 documentos de trabalho e de informação durante as sessões da Comissão de Assuntos Logístico-Operativos e da Comissão de Assuntos Científicos, Ambientais e Técnicos. O Brasil apresentou informações relativas ao planejamento e execução da 39a Operação Antártica, a inauguração da nova Estação Antártica Comandante Ferraz e a edição especial sobre a Antártica dos Anais da Academia Brasileira de Ciências, cuja publicação está prevista para 2021.
 
Tema central do evento foi a discussão e a troca de informações relativas aos desafios impostos ao planejamento das atividades na temporada 2020/2021, levando em conta o atual contexto de pandemia e exigindo que fossem considerados cenários distintos daqueles que habitualmente influenciam a realização das campanhas antárticas. Ponto comum dos programas antárticos representados foi a redução das atividades logísticas e de pesquisa na região austral, realizando apenas as tarefas consideradas essenciais, e também o estabelecimento de protocolos sanitários, a fim de evitar a introdução da Covid-19 no Continente Branco e garantir a segurança de todo o pessoal envolvido.
 
O objetivo das reuniões, organizadas anualmente em caráter de rodízio por cada um dos países membros, é propiciar a cooperação e apoio mútuo em aspectos científicos, técnicos, logísticos e ambientais dos países latino-americanos que desenvolvem atividades na Antártica. Dessa forma, podem coordenar esforços e otimizar o emprego dos recursos disponíveis, em concordância com os princípios estabelecidos no Sistema do Tratado da Antártica. A primeira participação do Brasil na Rapal ocorreu em1990.
 

Ação conjunta reúne aeronaves da Marinha Brasil em Belém (PA)

22/10/2020
 


Aeronaves dos Esquadrões HU-41, HU-2 e VF-1
 
O 1° Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Norte (EsqdHU-41), subordinado ao Comando do 4° Distrito Naval, recebeu em seu hangar, localizadoem Belém (PA), uma aeronave UH-15 Super Cougar, do 2° Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (EsqdHU-2) e duas aeronaves A4 Skyhawk, do 1° Esquadrão de Aviões de Interceptação e Ataque (EsqdVF-1), ambos com sede no Estado do Rio de Janeiro, para operarem em ação conjunta na região nortedo país durante o mês de outubro.
 
Ainda como parte das atividades planejadas para missão, militares do EsqdHU-41 realizaram, no dia 19 de outubro, voo de qualificação e requalificação de pouso a bordo do Porta-Helicópteros Multipropósito “Atlântico”, além do transporte de tropa, composta por Fuzileiros Navais e Operações Especiais.
 


Aeronave UH-15 realiza pouso no Porta-Helicópteros Multipropósito Atlântico
 

Capitania dos Portos de Alagoas realiza ação de fiscalização e conscientização no enfrentamento à Covid-19

21/10/2020
 


Militares realizam abordagens no litoral norte alagoano
 
A Capitania dos Portos de Alagoas (CPAL) realizou, no dia 15 de outubro, ação de fiscalização do tráfegoaquaviário nas praias de São Miguel dos Milagres e do Marceneiro, no litoralnorte alagoano.
 
Durante a atividade, os militares fiscalizaram embarcações de transporte de passageiros, com o intuito de garantir a segurança da navegação, a salvaguarda da vida humana no mar e a prevenção da poluição hídrica.
 
Na ocasião, foram repassadasorientações gerais sobre os cuidados necessários para evitar a proliferação do novo coronavírus,como propósito de auxiliar os órgãos de saúde no combate para conter o avanço da Covid-19.
 
Desde o início de outubro, a CPAL já realizou 18 ações desta natureza, totalizando 415 embarcações abordadas, com a emissão de 20 notificações e 2 apreensões.
 


Militares verificam a documentação dos condutores e embarcações

CPRN realiza ações de inspeção naval e de conscientização sobre Covid-19 no litoral potiguar

21/10/2020
 


Militares orientaram os proprietários e tripulantes sobre as ações de enfrentamento ao novo coronavírus
 
A Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte (CPRN) realizou, no período de 10 a 12 de outubro, ações de inspeçãonaval nas localidades de Maracajaú, Tibau do Sul, Lagoa do Bonfim e Rio Potengi.
 
Foram inspecionadas embarcações de transporte de passageiros, sobretudo em virtude da retomada gradual do turismo, totalizando 99 abordagens.
 
Na ocasião, foram verificados material de salvatagem, bem como documentações e qualificações dos tripulantes, reforçando a salvaguarda da vida humana no mar e a segurança da navegação.
 
Em proveito da inspeçãonaval, os militares da CPRN também orientaram os proprietários e tripulantes das embarcações sobre as ações de enfrentamento ao novo coronavírus, disseminando informações sobre medidas de prevenção e mitigação do contágio.
 


Ação teve como foco embarcações de transporte de passageiros, sobretudo
com a retomada gradual do turismo
 

Diretor-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha realiza apresentação na 72ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC)

21/10/2020
 


Almirante de Esquadra Olsen faz sua apresentação durante a 72ª Reunião Anual da SBPC
 
O Diretor-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha, Almirante de Esquadra Marcos Sampaio Olsen, participou, em 8 de outubro, da “72ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - SBPC”, como representante da Slots 777. O evento teve transmissão ao vivo pelo canal da SBPC no YouTube.
 
A conferência, mediada pelo Vice-Presidente da SBPC, Aldo Malavasi,teve como tema “Ciência, Tecnologia e Inovação na Slots 777”. O Almirante Olsen iniciou a apresentação enfatizando a contribuição substancial do Almirante Álvaro Alberto para as pesquisas brasileiras sobre energia nuclear, destacando sua iniciativa para o projeto de criação do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).
 
Durante a apresentação, ressaltou sobre a Estratégia de Ciência,Tecnologia eInformação (CT&I) da Marinha, estruturada na tríplicehélice, que busca fomentar a inovação com base na relação governouniversidadeempresa. Mencionou, ainda, que enfoque prioritário é a ampliação do aproveitamento do Marco Legal de Inovação para estabelecer diferentes formas de parcerias entre Instituição Científica Tecnológica e de Inovação (ICT) da Marinha e organizações extra-MB, visando desenvolver tecnologia nacional.
 
Na área do mar, enalteceu a atividade do Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira (IEAPM), ICT reconhecida internacionalmente, e referência nacional no desenvolvimento de pesquisa e tecnologia associada aos organismos bioincrustantes. A atividade tem o propósito de aumentar o conhecimento para um maior controle desse organismo por ser uma espécie invasora em águas brasileiras e que acarretam custos para empresas de transporte marítimo e de exploração petrolíferas, como a sobrecarga de motores. Entre os diversos assuntos pontuados, também, citou o projeto-piloto do “Sistema de Gerenciamento da Amazônia Azul” (SisGAAZ), conjunto de subsistemas integrados que visa aprimorar a capacidade de gerenciamento do espaço marítimo, com vigilância e monitoramento por sensores ativos.


Presidente da SBPC, Prof. Ildeu de Castro Moreira, participadaconferência
 
Em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), a 72ª Reunião Anual da SBPC, por conta das medidas de enfrentamento à pandemia de Covid-19, foi realizada de modo virtual. Tais eventos têm o mérito de reunir representantes de instituições científicas, tecnológicas e de inovação, autoridades e gestores do Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia, tendo a DGDNTM, na qualidade de órgão central de CT&I da Marinha, um dos seus mais relevantes atores, com o objetivo de debater políticas públicas e temas correlatos nas áreas de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação, difundindo os avanços conquistados nas diversas áreas do conhecimento para toda a sociedade.
 

Slots 777 intensifica ações de inspeção naval na Baía de Todos-os-Santos, em Salvador (BA)

21/10/2020
 


Meios da Marinha empregados na fiscalização do trafego aquaviário na Baía de Todos-os- Santos
 
A Slots 777 realizou, nos dias 17 e 18 de outubro, ações de inspeçãonaval na Baía de Todos-os-Santos, em especial na Ilha dos Frades, nas praias do Marinheiro, Luiza e Lopes, nas proximidades do Distrito de Loreto, e na Prainha de Aratu, no município de Candeias. Nesses destinos, normalmente, é registrado um fluxo intenso de embarcações de esporte e recreio, sendo áreas muito procuradas pelo turismo náutico.
 
Durante a ação realizada pela Capitania dos Portos da Bahia e pelo Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Leste, foram empregadas a LAEP-7 “Itaparica” e a MA “Sargo”, além da lancha blindada “Guaiúba” e do Aviso de Patrulha “Dourado”, que atuaram nas fiscalizações. No total, foram inspecionadas 82 embarcações, sendo 23 MA; 11 notificações emitidas; 5 embarcações apreendidas e realizados 15 testes de alcoolemia.
 
Os militares também orientaram condutores, tripulantes e passageiros das embarcações abordadas quanto à importância do uso de coletes salva-vidas e o respeito às lotações máximas das embarcações; conscientizaram condutores sobre a não ingestão de bebidas alcoólicas, antes e durante a navegação, além de alertarem sobre as medidas de prevenção da disseminação da Covid-19.
 
Foram, ainda, distribuídas cerca de 50 máscaras de tecido laváveis e reutilizáveis para os navegantes, de um total de aproximadamente 3 mil máscaras que já foram distribuídas durante as ações de inspeção naval, desde o início da pandemia.
 

Comando do 4º Distrito Naval doa mais de 5 mil quilos de alimento para famílias carentes no Pará

21/10/2020
 


Representantes de entidades recebem alimento doado pela Marinha
 
No dia 14 de outubro, o Centro de Intendência da Marinha em Belém (CeIMBe), por meio da Assistência Religiosa do Comando do 4º Distrito Naval, realizou ação social com doação de 5,4 mil quilos de feijão para três instituições que atendem famílias carentes, na Região Metropolitana de Belém (PA).
 
Cada instituição beneficiada recebeu 1,8 mil quilos de feijão. O “Grupo Cáritas da Paróquia Nossa Senhora da Providência” atende famílias carentes do Conjunto da Providência; as “Irmãs Filhas da Caridade” ajudam famílias da Comunidade Canaã, em Marituba; e a “Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Outeiro” dá apoio a comunidades do distrito de Outeiro.
 
A ação social faz parte das iniciativas sociais do Com4ºDN para amenizar os efeitos da pandemia do novo coronavírus a comunidades carentes no Pará.
 

1º Esquadrão de Helicópteros de Esclarecimento e Ataque realiza, no Líbano, o Período de Manutenção Geral de Aeronave

21/10/2020
 


Destacamento Aéreo Embarcado que cumpriu o Período de Manutenção Geral de Aeronave da aeronave AH-11B

 
O 1º Esquadrão de Helicópteros de Esclarecimento e Ataque (EsqdHA-1) realizou, no Líbano, o Período de Manutenção Geral de Aeronave (PMGA) da aeronave AH-11B Wild Lynx N-4004, embarcada na Fragata Independência, navio capitânia da Força-Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano. A manutenção, ocorrida entre os dias 14 de setembro e 7 de outubro, foi programada para ser realizada concomitantemente com o período de manutenção do navio, no Porto de Beirute.
 
Dada a complexidade desse tipo de manutenção, configurou-se um grande desafio logístico realizá-la no tempo previsto. O Destacamento Aéreo Embarcado (DAE), com o auxílio da equipe de apoio de manutenção enviada para o PMGA, cumpriu todas as manutenções e voos testes, prontificando a aeronave para que permanecesse disponível para operar com a Fragata “Independência” em apoio à Organização das Nações Unidas.
 
 

1º Esquadrão de Helicópteros de Esclarecimento e Ataque realiza adestramento sobre óculos de visão noturna

21/10/2020
 


Participantes do adestramento sobre óculos de visãonoturna
 
Nos dias 5 e 6 de outubro, o 1º Esquadrão de Helicópteros de Esclarecimento e Ataque (EsqdHA-1) realizou, no Instituto de Medicina Aeroespacial Brigadeiro Médico Roberto Teixeira (IMAE), o adestramento para a utilização de Óculos de Visão Noturna (OVN), o que possibilitou o compartilhamento de conhecimentos com a Força Aérea Brasileira.
 
Na ocasião, foram abordadas, em aula teórica, as nuances da fisiologia do olho humano nas mais diversas condições de claridade, além das características dos OVN de 3ª Geração. Durante a parte prática, foi demonstrado como deve ser realizada a calibração dos óculos, bem como seu uso em diferentes terrenos e luminosidades.

O futuro uso dos OVN nas aeronaves Wild Lynx elevará a capacidade operativa nas missões de esclarecimento e ataque, permitindo ampliar as possibilidades dos sensores dos navios da Esquadra e a sua capacidade de reação.
 

Capitania dos Portos do Maranhão presta apoio logístico na Operação “Verde Brasil II”

21/10/2020
 


Chegada do comboio ao local da Operação
 
No período de 13 a 16 de outubro, a Capitania dos Portos do Maranhão prestou apoio logístico de transporte de material apreendido na Operação “Verde Brasil II”. Na ocasião, foram transportadas cerca de dez toneladas, entre madeira e equipamentos confiscados. A ação ocorreu nos municípios de Zedoca (MA), Santa Inês (MA) e povoados situados em áreas periféricas da região.
 
Aoperação teve como objetivo desmontar madeireiras e serrarias ilegais que operavam nas localidades e contou com a participação do Exército Brasileiro, da Polícia federal, do Ibama e do Corpo de Bombeiros de Santa Inês.
 


Apreensão de madeira ilegal
 

AvPqHo "Aspirante Moura" participa de projetos de pesquisa em Arraial do Cabo (RJ)

21/10/2020
 


Filmagem de bioma desconhecido com ROV (sigla em inglês para Veículo Operado Remotamente)
 
No período de 6 a 12 de outubro, o Aviso de Pesquisa Hidroceanográfico "Aspirante Moura", do Grupamento de Navios Hidroceanográficos (GNHo), em cooperação com o Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira (IEAPM), participou de três projetos de pesquisa: apoio à instrução dos alunos do projeto PPG-Biotec, monitoramento de paisagem acústica e aOperação “Ressurgência II”.
 
A primeira tarefa consistiu em filmar um bioma desconhecido, a cerca de 20milhas náuticas da costa de Arraial do Cabo, encontrado por levantamento anterior do NHo “Taurus”. Utilizando um veículo submersível operado remotamente (ROV), a equipe, composta por militares do navio, professores e alunos do IEAPM, conseguiu imagens do bioma submerso a 59 metros de profundidade, abrindo caminho para estudos posteriores.
 
Continuando os trabalhos de pesquisa, foram submersasa 30 metros de profundidade linhas de hidrofonesdestinadas ao monitoramento de paisagem acústica. A operação, conduzida pelo IEAPM, com apoio do navio, coletou dados importantes para o desenvolvimento do projeto.
 
Por fim, na Operação “Ressurgência II”, onavio coletou amostras de água em diferentes profundidades, além de dados físicos e biológicos da coluna d’água em quinze posições estratégicas nos arredores de Cabo Frio. Esses dados ampliam a base de conhecimento marítimo que o país possui e permitem a continuidade de importantes projetos científicos de pesquisa no mar.
 


AvPqHo “Aspirante Moura” em coleta de dados ambientais

Slots 777 inspeciona Praia do Forte na 4a fase da Operação “Amazônia Azul - Mar Limpo é Vida!”

20/10/2020
 


Militares em ação na Praia do Forte (BA)
 
No dia 13 de outubro, emcontinuidadeàOperação“Amazônia Azul - Mar Limpo é Vida!”, na sua 4afase,umatropa da Força de Fuzileiros da Esquadra, embarcada no Navio Doca Multipropósito “Bahia”, apoiou a Capitania dos Portos da Bahia, organização militar subordinada ao Comando do 2º Distrito Naval, na inspeção da Praia do Forte (BA),paramonitorar os resultados das ações de limpeza realizadas desde o final de 2019.
 
Os militares inspecionaram a faixa de areiaeconstataramalimpeza da praia,não sendoidentificados resíduos oleosos.A ação faz parte das medidas queobjetivamrevisitaras áreas litorâneas e oceânicas que foram atingidaspelo criminosoderramamento de óleo, ocorrido no ano passado.Estão programadas novas inspeçõesa serem realizadasem coordenação com órgãos ambientais da região.
 
ASlots 777 permanecemonitorandoe fiscalizando a “Amazônia Azul”, região marítima equivalentea cerca de 67% do território brasileiro, de forma a mantera vasta área em condições ambientais seguras eadequadasaoseu uso sustentável.
 

Comando Conjunto RN-PB realiza desinfecção de Campi da UERN em Caicó, Pau dos Ferros, Patu e Natal

20/10/2020
 


Militares realizam a desinfecção do Campus da UERN em Natal
 
O Comando Conjunto Rio Grande do Norte e Paraíba realizou, de 13a15 de outubro, ações de desinfecção nos Campi e nos prédios da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) nas cidades de Caicó, Pau dos Ferros, Patu e Natal.
 
As ações contaram com emprego de militares da Slots 777 e do Exército Brasileiro habilitados em Estágios de Capacitação, ministrados pela Equipe de Resposta Nuclear, Biológica, Química e Radiológica (NBQR) do Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN).
 
O Comando Conjunto Rio Grande do Norte e Paraíba é um dos dez comandosconjuntos ativados pelo Ministério da Defesa, em março deste ano, no âmbito da Operação “Covid-19”, no combate aos impactos do novo coronavírus no Brasil.
 


As ações contaram com emprego de militares habilitados em Estágios de Capacitação ministrados pela Equipe NBQR do Com3ºDN
 

Amazul apresentará inciativa para expansão do uso de irradiação no 11º SIEN

20/10/2020
 


Presidente da Amazul, Antonio Carlos Soares Guerreiro
 
A Amazul estará presente no 11º Seminário Internacional de Energia Nuclear (SIEN), que será realizado online de 28 a 30 de outubro. O diretor-presidente da empresa, Antonio Carlos Soares Guerreiro, apresentará a iniciativa para a expansão do uso da irradiação nuclear no Brasil para esterilização de alimentos, material médico cirúrgico, cosméticos e insumos para outras indústrias.
 
A tecnologia da irradiação nuclear elimina micro-organismos prejudiciais à saúde e aumenta o período de conservação de alimentos, razão pela qual o agronegócio, que representa 25% do Pruduto Interno Bruto brasileiro, é um dos seus clientes potenciais.
 
A apresentação da Amazul está programada para o dia 29 de outubro, às 12h, com a participação do coordenador-geral de Negócios, Nilo de Almeida, e especialistas da Diretoria Técnica da empresa.
 
O projeto da Amazul prevê a busca no mercado internacional de fornecedores de equipamentos e sistemas de irradiação para oferecer as melhores soluções para cada tipo de emprego da irradiação. A Amazul, mediante aporte de recursos do cliente final, poderá fazer o projeto de engenharia, o dimensionamento dos equipamentos, o licenciamento radiológico e a contratação da empresa responsável pela construção, montagem e comissionamento dos equipamentos, bem como a fiscalização do empreendimento.
 
Programação
O 11º SIEN terá como tema central o novo modelo de negócios para a retomada de Angra 3, além da perspectiva de construção de oito novas usinas nucleares até 2050, dentro do Plano Nacional de Energia – PNE 2050. Especialistas projetam investimentos de cerca de R$ 300 bilhões em 30 anos, o equivalente a R$ 10 bilhões por ano, apenas para as novas plantas nucleares, além dos cerca de R$ 15,5 bilhões previstos para a conclusão da usina nuclear de Angra 3.
A medicina nuclear e mercado de radiofármacos, o projeto Centro Nacional de Tecnologia Nuclear e Ambiental (repositório nacional de rejeitos de baixo e médio níveis de radiação) e a mineração de urânio também fazem parte da programação.
Está prevista a presença do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, na abertura do evento. Também estarão presentes no 11º SIEN executivos do setor nuclear, entre eles Wilson Ferreira Júnior, presidente da Eletrobrás; Leonam dos Santos Guimarães, presidente da Eletronuclear; Carlos Freire Moreira, presidente da INB; Carlos Henrique Silva Seixas, presidente da Nuclep; Wilson Calvo, superintendente do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen); e Celso Cunha, presidente da Associação Brasileira para Desenvolvimento de Atividades Nucleares (Abdan).
 
Veja a programação do SIEN 2020 em: https://www.sienbrasil.com.br

1° Esquadrão de Aviões de Interceptação e Ataque participa do Exercício Conjunto “NÚNTIUS – 2020”

20/10/2020
]


Aeronaves AF-1B e AF-1C na Ala 5 da FAB
 
No período de 27 de setembro a 11 de outubro, oEsquadrãode Aviões de Interceptação e Ataque (EsqdVF-1) participou do Exercício Conjunto “NÚNTIUS-2020”, desdobrado com duas aeronaves AF-1B/1C na ALA 5 da Força Aérea Brasileira, em Campo Grande (MS).
 
O evento, que teve como objetivo a qualificação de militares das trêsForças, sendo quatro da Marinha,para a condução de Guiamento Aéreo Avançado,contou com a realização de surtidas de Apoio Aéreo AproximadodosA-29,Super Tucano, do Terceiro Esquadrão do Terceiro Grupo de Aviação (3°/3° GAV), e dos A-4,Skyhawk, do EsqdVF-1.Oadestramento de guiagemcom a participação de vetores aéreos de alta performance agrega grande valor à instrução, além de colaborar com a interoperabilidade das três Forças, sendo uma interessante oportunidade para atualização da doutrina de Apoio Aéreo Aproximado nas Forças Armadas.
 


Militares participantes do Exercício Conjunto “NÚTIUS 2020”

ICN realiza a transferência da Seção 2A do Submarino “Tonelero” para o Estaleiro de Construção

20/10/2020
Em 16 de outubro, foi executada a transferência da seção 2A do Submarino “Tonelero” (S42), o terceiro submarino convencional (S-BR3) do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB), desde a Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas (UFEM), situada no município de Itaguaí(RJ), até o Estaleiro de Construção (ESC).
 


Deslocamento da segunda seção do S42 contou com o apoio logístico necessário
 
A atividade foi realizada pela Itaguaí Construções Navais (ICN) e durou cerca de duas horas. Essa operação envolveu uma complexa e bem organizada coordenação de trânsito, que contou com a supervisão dos agentes da Polícia Rodoviária Federal, do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes e da Polícia Militar do estado do Rio de Janeiro, garantindo a segurança do procedimento sem prejuízos da mobilidade urbana local. O Submarino “Tonelero” inicia a montagem do interior das seções, de forma que, em dezembro de 2020, ocorra a integração definitiva do casco resistente.
 


Manobra da Seção 2A do "Tonelero" no ESC
 
Oevento marca mais um avanço nas etapas previstas para o PROSUB, contribuindo para consolidar a reconhecida competência técnica da ICN e da Slots 777 no processo construtivo de submarinos dessa classe.
 
O PROSUB conta com a participação de universidades e centros de pesquisa, gerando, entre outros benefícios, desenvolvimento de tecnologias autóctones, processos e materiais avançados, fomento ao desenvolvimento da Base Industrial de Defesa, capacitação de profissionais em atividades especializadas e milhares de empregos diretos e indiretos.

AgParaty intensifica ações de fiscalização do tráfego aquaviário durante o feriado prolongado de 12 de outubro

20/10/2020
 


Militares da AgParaty fiscalizam embarcações durante o feriado prolongado de 12 de outubro
 
Entre os dias 9 e 12 de outubro, a Agência da Capitania dos Portos em Paraty (AgParaty) intensificou a fiscalização do tráfego aquaviário nas áreas do Cais de Turismo, Cais Pesqueiro, Rio Perequê-Açu e Praias de São Gonçalo e São Gonçalinho, na área marítima da Costa Verde, em Paraty (RJ).
 
Durante o período, os inspetores navais abordaram 139 embarcações de esporte e recreio e transporte de passageiros que navegavam pela região. A fiscalização visou à segurança da navegação, à proteção da vida humana no mar e à prevenção à poluição hídrica proveniente de embarcações. Para isso, foram verificados itens importantes, tais como: a habilitação do condutor, os documentos das embarcações, além de equipamentos de comunicação e materiais de salvatagem.
 
Além da fiscalização, os militares também orientaram passageiros e tripulantes quanto à importância do uso de coletes salva-vidas e o respeito às lotações máximas das embarcações; conscientizaram condutores sobre a não ingestão de bebidas alcoólicas, antes e durante a navegação; e alertaram sobre as medidas de prevenção à Covid-19.
 

Slots 777 leva atendimento de saúde à população ribeirinha do Alto Solimões

20/10/2020
 


Médico da Slots 777 durante atendimento aos ribeirinhos
 
As comunidades do Alto Solimões distantes mais de mil quilômetros da cidade de Manaus (AM) receberam, no período de 22 de setembro a 4 de outubro, a visita do Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Oswaldo Cruz”, subordinado ao Comando da Flotilha do Amazonas.
 
Mesmo com baixos níveis fluviométricos dos rios nesta época do ano foi possível atender as comunidades Tamanicoá, Nova Esperança, Foz do Jutaí, Porto Alegre, Nossa Senhora de Nazaré, Nova Israel, Tonantins, Nova Jerusalém, Santo Antônio do Içá, Betânia, Lago Grande e Santa Cruz da Nova Aliança, no interior do Amazonas. Nessas localidades foram realizadas consultas médicas, exames laboratoriais, testes rápidos, distribuição de medicamentos, vacinação, orientação odontológica e conscientização de prevenção à Covid-19. No total, mais de mil ribeirinhos foram assistidos.
 
Onavio suspendeu com uma Equipe de Resposta de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica (NBQR) que realizava, antes e após os atendimentos, ações de descontaminação nas áreas utilizadas. Participaram da comissão os militares do Comando do 9º Distrito Naval, do Comando da Flotilha do Amazonas, da Policlínica Naval de Manaus, do 1º Batalhão de Operações Ribeirinhas e uma aeronave do 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Noroeste.
 
Durante as atividades de assistência hospitalar, foram adotados os protocolos sanitários vigentes no Estado do Amazonas, assim como a escolha da região dos atendimentos foi feita em estreita coordenação com a Secretaria Estadual de Saúde do Amazonas.
 


NAsH “Oswaldo Cruz” durante navegação no Alto Solimões

Operação Pantanal: equipes atuam no monitoramento de focos controlados

16/10/2020
 


Monitoramento se dá por via satélite, terrestre, drone e sobrevoos de helicópteros
 
Após quase três meses de atuação, a força-tarefa de combate aos focos de incêndio no Pantanal concentra suas ações, agora, no monitoramento das áreas que foram atingidas e que apresentam focos controlados: Serra do Amolar, Rabicho, Estrada Parque até o Porto da Manga e no Passo do Lontra, Buraco das Piranhas, Parque do Rio Negro, Fazenda Santa Teresa, Poção, Fazenda Bodoquena e terras indígenas.
 
As ações reúnem esforços da Slots 777 (MB), Exército Brasileiro, Corpos de Bombeiros de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Distrito Federal, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama) e Força Nacional, bom como de entidades civis e voluntários em geral.
 
Militares, bombeiros militares e brigadistas revezam-se a cada cinco dias para o trabalho de ronda e monitoramento por vias terrestres. O monitoramento se dá, ainda, por satélites, drones e sobrevoos de helicópteros da MB. Alguns pontos de incêndios são monitorados por até 48 horas, de forma a garantir que estejam controlados. A equipe auxilia, também, o combate em áreas pontuais onde o Corpo de Bombeiros atende chamados de incêndios.
 
Em Mato Grosso, fuzileiros navais e bombeiros militares permanecem no combate aos focos, na região do Parque Nacional do Pantanal mato-grossense.
 

Marinha participa de operação de combate a garimpo ilegal em Santarém e Itaituba, no Pará

16/10/2020
 


Marinha transportou garimpeiros ilegais presos pela Polícia Federal
 
Nos dias 12 e 13 de outubro, o 1° Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Norte (EsqdHU-41) transportou militares do Exército Brasileiro, da Polícia Federal e servidores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para área de garimpo ilegal, nos municípios de Santarém e Itaituba, no estado do Pará.
 
A missão ocorreu dentro do contexto da Operação “Verde Brasil II”, sob coordenação do Comando Conjunto Norte, constituído pelo Comando do 4° Distrito Naval, Comando Militar do Norte e ALA 9. O apoio logístico realizado pela Marinha à operação foi primordial para os resultados alcançados: prisões de garimpeiros ilegais, inutilização de pistas de pouso em área de garimpo e apreensão de barras de ouro de origem clandestina.
 
Em cumprimento ao decreto de N° 10.341, de 6 maio de 2020, do Presidente da República, que autoriza o emprego das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem, no contexto da “Operação Verde Brasil II”, a Marinha participa de mais uma missão em conjunto com órgãos de segurança pública e entidades de proteção ambiental, com o propósito de realizar ação de combate a crimes ambientais, na Amazônia legal.
 


Aeronave da Marinha transportou militares para amissão em área de garimpo ilegal no Pará
 

Batalhão Humaitá e Batalhão de Artilharia de Fuzileiros Navais realizam o exercício ESFOG-ART-INF

16/10/2020
 


Bateria de Obuseiros em posição de tiro
 
De4 a 9 de outubro, foi realizado o exercício ESFOG-ART-INF pelo 2º Batalhão de Infantaria de Fuzileiros Navais (2º BtlInfFuzNav), Batalhão Humaitá, e pelo Batalhão de Artilharia de Fuzileiros Navais (BtlArtFuzNav), no Campo de Instrução General Moacyr Araújo Lopes, pertencente ao Exército Brasileiro, em Três Corações (MG).
 
A ação contou com o apoio do Batalhão Logístico de Fuzileiros Navais, da Base de Fuzileiros Navais da Ilha do Governador, da Unidade Médica Expedicionária da Marinha, do Batalhão de Comando e Controle, do Batalhão de Controle Aerotático e Defesa Antiaérea, do Batalhão de Engenharia de Fuzileiros Navais e da Companhia de Apoio ao Desembarque.
 
O 2º BtlInfFuzNav empregou, no exercício, um pelotão de metralhadoras pesadas e um pelotão de petrechos (a três seções de metralhadora a gás). No primeiro dia, cumpriram adestramento de ocupação de posição de tiro, inclusive noturna, e missões de tiro real, atuando separadamente. No segundo dia, os pelotões atuaram de forma integrada, realizando ceifas em largura e em profundidade, bem como tiros centralizados. O exercício foi de fundamental importância para a manutenção do adestramento das armas automáticas e para a capacidade de atuação em excelência da Companhia de Apoio de Fogo e dos pelotões de petrechos das Companhias de Infantaria de Fuzileiros Navais.
 
O BtlArtFuzNav empregou, no exercício, duas Baterias de Obuseiros 105mm L-118 Light, a 1ªBiaO105mm e a 3ªBiaO105mm, que cumpriram adestramento de ocupação de posição de tiro, inclusive noturna, e missões de tiro real centralizadas pela Central de Tiro do Batalhão. Além disso, foi realizada a Verificação de Eficiência, por meio da Comissão de Inspeção e Assessoria ao Adestramento (CIAsA), formada por militares especializados em Artilharia de Campanha e presidida pelo Comandante do Centro de Avaliação da Ilha da Marambaia, a qual avaliou diversos aspectos do desempenho das equipes das linhas de fogo, centrais de tiro e posto de observação, cujos resultados contribuirão para a melhoria dos futuros adestramentos da Unidade.
 


Tiro noturno de Metralhadora .50

Centro de Operações de Paz de Caráter Naval participa de Treinamento de Operações de Interdição Marítima para Militares de Comando e Estado-Maior

16/10/2020
 


Turma do Treinamento de Operações de Interdição Marítima para Militares de Comando e Estado-Maior
 
No período de 5 e 9 de outubro, o Centro de Operações de Paz de Caráter Naval (CopPazNav)do Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo participou, por meio do seu Oficial Encarregado, de um Treinamento sobre Operações de Interdição Marítima no NATO Maritime Interdiction Operational Training Centre (NMIOTC), na cidade de Chania, na Ilha de Creta, na Grécia.
 
O propósito do treinamento foi capacitar Oficiais de Estado-Maior para o planejamento e a execução de Operações de Interdição Marítima. Atenderam ao treinamento oficiais provenientes de diversos Estados-Membros da OTAN, como Bulgária, Grécia, Montenegro e Romênia.
 
Os ensinamentos colhidos servirão para aprimorar o Curso Internacional de Operações de Paz de Caráter Naval, conduzido anualmente pelo COpPazNav. Além disso, foram realizadas tratativas entre os dois Centros de Treinamento, no intuito de estabelecer iniciativas de cooperação, visando àsinstruções conjuntas por meio de Equipes Móveis de Treinamento.
 

Navio-Patrulha “Goiana” realiza ações de inspeção naval e conscientização no combate à Covid-19

16/10/2020
 
Militares do Navio-Patrulha “Goianaem ação de abordagem
 
O Navio-Patrulha “Goiana”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste (ComGptPatNavNE), realizou ações de inspeçãonaval e conscientização no combate à Covid-19, no período de 5 a 10 de outubro, durante o trânsito para a Base Naval de Val de Cães, localizada na cidade de Belém (PA).
 
Neste período,foram contactados 21 navios mercantes e 2 embarcações pesqueiras por chamadas rádio VHF no canal 16, com orientações gerais sobre os cuidados necessários para evitar a proliferação do coronavírus. Na ocasião, foram distribuídos kits contendo máscaras descartáveis, álcool em gel e panfletos informativos.
 
Além das atividades em prol da garantia da salvaguarda da vida humana no mar, da segurança da navegação e prevenção à poluição hídrica, as ações têm o propósito de auxiliar os órgãos de saúde, no combate àCovid-19.
 


Militar orienta tripulantes sobre os cuidados necessários para evitar o contágiopelonovo coronavírus
 

Capitania dos Portos de Alagoas celebra o Dia das Crianças com doação de brinquedos à comunidade pesqueira

16/10/2020
 


Equipe da CPAL realizaa desinfecção dos brinquedos arrecadados
 
A Capitania dos Portos de Alagoas (CPAL) realizou, no período de 23 de setembro a 8 de outubro, uma campanha de arrecadação denominada “Doe Brinquedos e Ganhe Sorrisos!”.
 
Cerca de mil brinquedos foram distribuídos para os representantes de quatro comunidades carentes da região, observando-se rigorosamente todos os protocolos de prevenção àCovid-19.
 
Aatividade mobilizou militares e a sociedade civil, com o propósito de celebrar o Dia das Crianças com um gesto de solidariedade, levando alegria e esperança às famílias da comunidade.
 


Osbrinquedosforam entregues aosrepresentantesdequatrocomunidadesda região
 

Agência da Capitania dos Portos em Camocim realiza campanha solidária alusiva ao Dia das Crianças

16/10/2020
 


Militares da AgCamocim e voluntários do Instituto “Anjos da Noite” realizam a entrega de cestas básicas, brinquedos e kits de higiene pessoal às famílias da comunidade
 
A Agência da Capitania dos Portos em Camocim (AgCamocim) promoveu, em parceria com Instituto “Anjos da Noite”, uma edição especial da campanha “Marinha Solidária”, em alusão ao Dia das Crianças.
 
A ação, realizadaem 12 de outubro, englobou a doação de brinquedos, kits de higiene pessoal e alimentos, beneficiando cerca de cem famílias e mais 200 crianças em situação de vulnerabilidade social, na Comunidade Pesqueira das Curimãs, no município de Barroquinha (CE), a cerca de 80quilômetros da sede da AgCamocim.
 
Aatividade mobilizou militares, empresários, instituições e doadores anônimos, além de artistas, que se fantasiaram de personagens infantis, com o propósito de celebrar o “Dia das Crianças” com um gesto de solidariedade, levando alegria e esperança às famílias da comunidade.
 


Mais 200 crianças da Comunidade Pesqueira das Curimãs foram beneficiadas pela ação
 

Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte realiza projeto “Capitania Itinerante” em Ceará-Mirim

16/10/2020
 


Ação prestou mais de cematendimentosà comunidade marítima de Ceará-Mirim
 
Em alusão aos173anos de criação da Capitania dos Portos do Rio Grande doNorte(CPRN),foi promovido,de6a 8 de outubro,oProjetoCapitania Itinerante”, no município deCeará-Mirim(RN),pela organização militar.
 
A açãotem o propósitodeampliar o acesso aos serviços realizados pela CPRN,facilitando o atendimentoao público que reside em regiões afastadas da área urbana de Natal.
 
Durante a atividade,foramrealizadosmais de cematendimentos,englobandoatualizaçõesdosistema de cadastro dos aquaviários,renovação e emissão de segunda via da caderneta de inscrição e registo,transferência de jurisdição de aquaviários,inscrição e transferência de propriedadede embarcações, emissão de segunda via de títulodeinscrição de embarcação,bem como proferidaspalestras sobre segurança da navegação e regularização de embarcações miúdas com propulsão mecânica.
 


Os aquaviários aproveitaram para renovar e emitirasegunda via da caderneta de inscrição e registo
 

Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte realiza formação de pescadores profissionais em Rio do Fogo (RN)

16/10/2020
 


Aquaviários foram habilitados para desempenhar funções a bordo
de embarcações de pesca
 
ACapitania dos Portos do Rio Grande do Norte (CPRN), realizou, em8deoutubro,o encerramento do Curso deFormação de Aquaviários - Pescador Profissional (CFAQ-POP 1),no município de Rio do Fogo (RN).
 
Durante o período do curso, foram transmitidos conhecimentos relacionados à segurança da navegação, manobra de embarcações, operação de máquinas e motores, combate a incêndio,prática de primeiros socorros eprocedimentos de sobrevivência no mar, além do manuseio e conservação de pescado.
 
Em decorrência da pandemia, foramimplementadas medidasde prevençãoparaarealização do curso,comoa redução em 50% do número de vagas, uso obrigatório de máscaras, higienização e verificação da temperatura corporaldosalunos,distanciamentosocial e desinfecção diária do local.
 
Na ocasião, foram entregues os certificados de conclusão de curso eascadernetas de inscrição e registro aos 15novos aquaviários que, agora, estarão habilitados a desempenhar, profissionalmente, asfunçõesa bordo de embarcaçõesde pesca.
 




Foram entregues certificados de conclusão de curso e cadernetas de inscrição e registro
 

Ações de inspeção naval realizadas pela Delegacia Fluvial contribuem para a prevenção da Covid-19

16/10/2020
 


As ações envolvem verificação de documentação do navegante e de sua embarcação
 
A Delegacia Fluvial de Presidente Epitácio realizou,entre os dias 10 e 13 de outubro, ações de ordenamento do tráfego aquaviário no Rio Paraná, nos municípios de Rosana, Panorama, Pauliceia e Presidente Epitácio. Além de fiscalizar o ordenamento do tráfego aquaviário, as equipes transmitiram orientações de prevenção àCovid-19 aos condutores e tripulantes das embarcações.
 
Entre as orientações foram destacadas alavagemdasmãos, o correto uso de máscaras de proteção, a importância da desinfecção de objetos e superfícies, bem como atenção às pessoas que compõem os grupos de risco. Houve, ainda, aferição de temperatura corporal dos navegantes e a distribuição de folhetos explicativos.
 
Asinspeçõesnavais realizadas pela Delegacia Fluvial de Presidente Epitácio têm como propósito asegurança da navegação, asalvaguardada vida humana nos rios e a prevenção da poluição hídrica proveniente de embarcações.
 

Delegacia Fluvial de Furnas apoia adestramento de operações ribeirinhas no Lago de Furnas

15/10/2020
 


Militares participam do adestramento de operaçõesribeirinhas no Lago de Furnas
 
Entre 21 de setembro e 2 de outubro, a Delegacia Fluvial de Furnas (DelFurnas) prestou apoio ao adestramento de operaçõesribeirinhas realizado pelo 3º Batalhão de Infantaria de Fuzileiros Navais e pelo Grupamento de Fuzileiros Navais do Rio de Janeiro, no Lago de Furnas (MG).
 
Na ocasião, a tropa de Fuzileiros Navais, que contou com um total de 290 militares, realizou adestramento nas técnicas de transposição de cursos d’água, batimento de margens e incursões terrestres, entre outras, e incrementou as atividades de inspeção naval, a partir de instruções teóricas e práticas de segurança. A oportunidade serviu para testar a ação e prontidão em situações de emergência, bem como para analisar a capacidade logística diante de um cenário hipotético potencialmente adverso.
 
O apoio logístico viabilizado pela DelFurnas ao adestramento, que ocorreu de forma inédita no Lago de Furnas, foi essencial para maximizar o emprego de técnicas e táticas pelos militares, que contaram com a estrutura necessária para que as atividades transcorressem de forma dinâmica e flexível.
 
Durante esse período, a presença dos militares elevou a sensação de segurança da população na região, ratificando a boa interação da Marinha com as instituições locais. Em proveito da ocasião, foi prestada assessoria de segurança orgânica preliminar à empresa Furnas S.A., para verificar as vulnerabilidades da barragem da represa. Além disso, foi realizada uma ação de presença em apoio à Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, no município de Capitólio (MG) e, ainda, efetuada uma ação cívico-social, com a revitalização de duas quadras poliesportivas, no município de São José da Barra (MG).
 
 
Asoperaçõesribeirinhas são constituídas por uma Força-Tarefa composta por Forças Navais, Aeronavais e de Fuzileiros Navais, sendo realizadas em ambientes fluviais ou lacustres e em terrenos marginais adjacentes, tendo como propósito obter e manter o controle de parte ou de toda uma área - ou negá-la ao inimigo. Osadestramentos possuem a finalidade de preparação para exercícios ainda mais complexos, que geralmente ocorrem na Amazônia e no Pantanal.
 
Todos os procedimentos sanitários e medidas preventivas recomendadas pelos Ministérios da Defesa e da Saúde, bem como pela Diretoria de Saúde da Marinha, foram adotados, a fim de evitar a disseminação da Covid-19.
 

Navio Polar “Almirante Maximiano” realiza Comissão de Homologação do Envelope de vento do novo modelo de aeronave UH-17

15/10/2020
 


Aeronave “Águia 90” realiza faina de Vertrep
 
No período de 8 a 10 de outubro, o Navio Polar “Almirante Maximiano” recebeu o novo modelo de aeronave UH-17 “Águia 90” para a realização da homologação do envelope de vento. Durante o período, foram realizadas 49 Qualificações e Requalificações para o Pouso a Bordo (QRPB)enove fainas de Vertrep, testando o desempenho do UH-17 no envelope proposto pelo Centro de Análises de Sistemas Navais.
 
O treinamento foi importante para o binômio “aeronave x navio” e serviu como preparação final para a próxima operação no continente Antártico (39aOperantar), que será a primeira a ser realizada com esse modelo de aeronave.
 


Decolagem da nova aeronave UH-17 do Navio Polar “Almirante Maximiano”
 

Navio-Patrulha “Guaíba” intensifica inspeções navais e ações de conscientização no litoral potiguar

15/10/2020
 


Navio utilizou comunicação via rádio para disseminar orientações para
embarcações pesqueiras
 
O Navio-Patrulha (NPa) “Guaíba”, subordinado ao Comando Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste (ComGptPatNavNE), intensificou, no dia 6 de outubro, ações de inspeçãonaval e de conscientização sobre o novo coronavírus no litoral do Rio Grande do Norte.
 
Na oportunidade, o navio abordou cinco embarcações pesqueiras e disseminou, por meio de comunicação via rádio, orientações sobre as medidas de prevenção ao novo coronavírus.
 
Durante a fiscalização do tráfego aquaviário, os militares do navio cumpriram protocolos sanitários e de saúde, como aferição de temperatura dos tripulantes dos barcos e higienização das mãos, bem como realizaram a entrega de kits com máscaras e luvas descartáveis, álcool em gel e panfletos informativos, a serem afixados nas embarcações e nas comunidades pesqueiras locais.
 
O Navio-Patrulha “Guaíba” vem realizando ações de inspeçãonaval e de conscientização, desde julho, na área de jurisdição do Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN), que compreende os Estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas.
 


Militares do NPa “Guaíba” realizaram conscientização e distribuição
dekits à comunidade marítima
 

Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte realiza ação de limpeza na Praia de Muriú

15/10/2020
 


Militares realizam limpeza na praia com apoio da comunidade
 
A Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte (CPRN), em parceria com a Colônia de Pescadores de Muriú e Jacumã (Z-14),realizou, no dia 7 de outubro,ação de limpeza na Praia de Muriú,localizadano município de Ceará-Mirim(RN).
 
Ainiciativa visa fomentar a participação da comunidade marítimano cumprimento do Plano Nacional de Combate ao Lixo no Mar (PNCLM), cujo propósito é conscientizar sobre a corretadestinação do lixo para apreservação das praias, manguezais eoutrosecossistemascosteirosambientalmente sensíveis.
 
Os militares da CPRN realizaram ações de conscientização junto aos pescadores locais enfatizando a importância da segregação do lixo gerado a bordo, em especial o proveniente dos equipamentos de pesca.Em seguida, conduziram, em conjunto com integrantes da Colônia de PescadoresZ-14, atividade de limpeza da praia,totalizando80quilos de resíduos retiradosda faixa de areia e arredores.
 


Foram retirados cerca de 80 quilos de resíduos
 

Capitania dos Portos de Alagoas forma 36 portuários em Curso Básico de Arrumação e Estivagem Técnica

15/10/2020
 


Curso foi realizado de 10 de agosto a 3 de setembro
 
A Capitania dos Portos de Alagoas (CPAL) realizou,nos dias 6 e 7 de outubro,a entrega dos certificados de conclusão doCursoBásico de Arrumação e Estivagem Técnica(CBAET)para36 portuáriosdasTurmas 01 e 02/2020. As aulas ocorreram de 10 de agosto a 3 de setembro.
 
No período, os alunos receberam instruções sobre as normas de segurançana classificação de cargas, marcas, materiais e equipamentos para movimentação; identificação de avarias e cuidados para evitá-las; descrição deprocessos de peação e escoramento de cargas; e transmissão de dados por via eletrônica.
 
Em decorrência da pandemiado novo coronavírus, foram implementadas medidas de prevenção para a realização do curso, tais como uso obrigatório de máscaras, verificação da temperatura corporal dos alunos, adoção de distanciamento social e desinfecção diária do local.
 


Foram entregues certificados de conclusão para 36 portuários em Alagoas
 

DelFurnas intensifica inspeções navais durante o feriado prolongado de 12 de outubro

15/10/2020
 


Militar da DelFurnas realiza teste de alcoolemia em condutor de jet ski
 
No período de 9 e 12 de outubro, a Delegacia Fluvial de Furnas (DelFurnas) realizou inspeções navais em diversas cidades do sudoeste do estado de Minas Gerais (Boa Esperança, Capitólio, Guapé, Ibiraci, Ijaci, Lavras, São João Batista do Glória e São José da Barra) e nos lagos das represas de Furnas, Funil e Peixoto. Esses destinos normalmente recebem muitas embarcações de esporte e recreio, sendo bastante procurados pelo turismo náutico.
 
Na fiscalização, a DelFurnas empregou 31 militares, cinco embarcações miúdas, três motos aquáticas e seis viaturas, inspecionando, no total, 253 embarcações, sendo 97 delas notificadas e cinco apreendidas por descumprimento às normas da Autoridade Marítima.
 
Os militares também orientaram mais de duas mil pessoas, entre passageiros e tripulantes, quanto à importância do uso de coletes salva-vidas e o respeito às lotações máximas das embarcações; conscientizaram condutores sobre a não ingestão de bebidas alcoólicas, antes e durante a navegação; e alertaram sobre as medidas de prevenção, a fim de evitar a disseminação da Covid-19.
 

Marinha descontamina Praça Santuário, na véspera do Círio de Nazaré, em Belém (PA)

15/10/2020


Militaresdurante a ação de desinfecção
 
No dia 10 de outubro, militares das organizaçõesmilitares subordinadas ao Comando do 4° Distrito Naval (Com4°DN) realizaram desinfecção na Praça Santuário de Nazaré, em Belém (PA), em combate à proliferação do novo coronavírus, por ocasião da 228ª edição do Círio de Nossa Senhora de Nazaré. A ação foi realizada em continuidade à Operação “Covid-19”, ativada desde 18 de março deste ano.
 
A desinfecção foi executada por 24 militares da Equipe Resposta Nuclear, Biológica, Química e Radiológica do Comando do 4º Distrito Naval, nucleada no 2º Batalhão de Operações Ribeirinhas.
 


Participaram da ação 24 militares do Com4°DN

Slots 777 participa das comemorações do Círio Fluvial de Nossa Senhora de Nazaré, no Amapá

15/10/2020
 


Embarcações participantes do Círio Fluvial
 
A Slots 777, por meio da Capitania dos Portos do Amapá, participou das comemorações do Círio Fluvial de Nossa Senhora de Nazaré, no Amapá, no dia 10 de outubro, quando foi realizada a Romaria Fluvial, que conduziu a imagem peregrina da padroeira amapaense no Rio Amazonas, a partir da entrada do Igarapé da Fortaleza, até as proximidades da ponte sobre o Rio Matapi.
 
Foram credenciadas para participar da Romaria Fluvial 38 embarcações, contando com, aproximadamente, 200 pessoas embarcadas.
 
A Marinha foi a principal responsável pela coordenação da segurança do tráfegoaquaviário, atuando com seis embarcações da Capitania dos Portos do Amapá, contando com o apoio de quatro embarcações doCorpo de Bombeiros Militares , duas embarcações doBatalhão de Polícia Ambiental eduas lanchas da Praticagem.
 
A Marinha já havia realizado a Operação “Pré-Círio”, com o propósito de assegurar a segurança da navegação durante o período que antecedeu as festividades, em consequência do aumento do tráfego de embarcações. Por meio de inscrição, realizada na Capitania dos Portos, as embarcações que participaram do Círio haviam sido rigorosamente inspecionadas por equipes de inspeção naval.
 


Embarcações da Capitania no controle da segurança da navegação

Capitania Fluvial do Tietê-Paraná realiza ações de combate e prevenção à Covid-19

15/10/2020


Militar da CFTP realiza descontaminação de local público em Barra Bonita (SP)
 
A Capitania Fluvial do Tietê-Paraná (CFTP), com a retomada das atividades náuticas e reabertura dos terminais de turismo, realizou, no final do mês de setembro, desinfecção em locais públicos da cidade que tiveram incremento no fluxo de pessoas.

As atividades foram realizadas em estações de embarque e desembarque, píeres, parques e praças, com a finalidade de prevenir a propagação do novo coronavírus.
 


Militar da CFTP realiza descontaminação de local público em Barra Bonita (SP)

Agência Fluvial de Caracaraí realiza Curso para Tripulação de Embarcação de Estado para o Serviço Público em Roraima

15/10/2020
 


Agente Fluvial de Caracaraí realiza a entrega de certificado à aluna da Guarda Municipal de Boa Vista
 
A Agência Fluvial de Caracaraí, subordinada à Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental, realizou, no período de 5 a 9 de outubro, o Curso para Tripulação de Embarcação de Estado para o Serviço Público, no município de Caracaraí (RR).
 
Foram formadas três turmas, com o total de 45 alunos da Guarda Municipal de Boa Vista (RR) e do 7º Batalhão de Infantaria de Selva do Exército Brasileiro,que entenderam a importância de se habilitar e de conduzir embarcações, dentro dos padrões exigidos pela Autoridade Marítima. Durante o curso, foram transmitidos conhecimentos como manobras de embarcações, legislação, termos náuticos, navegação, entre outros, necessários à atividade de navegação.
 
Por meio do Ensino Profissional Marítimo, a Agência Fluvial de Caracaraí promove a conscientização de uma navegação segura para a comunidade fluvial da região.
 


Entrega de certificados aos alunos concluintes do 7º Batalhão de Infantaria de Selva
 

Aspirantes participam do 1º Simpósio Virtual Internacional das Escolas Navais latino-americanas

14/10/2020
 


1º Simpósio Virtual Internacional das Escolas Navais latino-americanas
 
Nos dias 8 e 9 de outubro, foi realizado o 1° Simpósio Virtual Internacional das Escolas Navais latino-americanas. Organizado pela Escuela Naval “Comandante Rafael Moran Valververde”, Escola Naval do Equador, em comemoração aos seus 198 anos de criação, o simpósio teve como objetivo conhecer as particularidades sobre o enfrentamento de novos desafios nas escolas navais.
 
O tema do evento foi “Os novos desafios da Formação Naval-Militar”, sobre o qual os comandantes e diretores das Escolas Navais do Brasil, da Argentina, do Chile, da Colômbia, do Equador, do Peru e do Uruguai realizaram breve apresentação, tratando dos seguintes pontos: desafios e estratégias para fortalecer a igualdade de gêneros nas Escolas Navais; a influência de novas tecnologias e redes sociais na formação acadêmica nas Escolas Navais; estratégias e lições apreendidas na formação naval-militar como resultado da pandemia mundial; e dificuldades e desafios na formação de “Liderança Naval” nas futuras gerações.
 
Osaspirantes acompanharam o Simpósio Virtual, participando com perguntas, e puderam perceber a similaridade com que as Escolas Navais têm conduzido os assuntos atuais. O evento serviu ainda como mais uma importante ferramenta no estreitamento de laços entre as Marinhas Amigas.

75ª edição da Regata “Escola Naval” é realizada na Baía de Guanabara, no RJ

14/10/2020
 


Largada da 75ª Regata
 
No dia 11 de outubro, pelo 75º ano consecutivo, a Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro (RJ), foi o cenário da Regata “Escola Naval”, a maior e mais tradicional regata realizada na América Latina. A competição, criada em 1946 pelo Grêmio de Vela da Escola Naval, acontece tradicionalmente no Dia do Velejador, comemorado no segundo domingo do mês de outubro.
 
Nesta edição, obedecendo todas as orientações de controle ao novocoronavírus, não houve atividade em terra, permanecendo a Escola Naval fechada ao público externo. Também foram canceladas a Meia Maratona de Canoagem Oceânica e a Regata a Vela de Rádio Controlados, usualmente realizadas na manhã do mesmo dia.
 
Participaram da regata mais de 160 veleiros de diversas classes, totalizando 650 velejadores na raia. Na ocasião, o veleiro oceânico “Sorsa III”, comandado por Celso Quintella, foi o “fita azul”, cruzando a linha de chegada em primeiro lugar no tempo real.

Navio-Patrulha “Goiana” realiza exercício de tiro com canhão de 40 milímetros

14/10/2020
 


Momento do exercício
 
O Navio-Patrulha (NPa)“Goiana”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste (ComGptPatNavNE),realizou,nodia 6 de outubro, exercício de tiro com canhão de 40 milímetros.
 
A ação ocorreu durante o trânsito do NPa “Goiana” para a Base Naval de Val de Cães, em Belém (PA), onde o navio realizará Período de Docagem Extraordinária.
 
Na oportunidade, além do exercício com canhão de 40 milímetros, foram realizadas, ainda, instruçõesdetiro com armamento portátil e adestramento de homem ao marpara militares recém-embarcados,quetiveram como finalidade a manutenção do nível de adestramento da tripulação.
 


Militares também participaram de instrução de tiro com armamento portátil

Capitania dos Portos do Ceará realiza formação de pescadores profissionais em Paraipaba (CE)

14/10/2020
 


Foramqualificados 30 pescadores profissionais no município de Paraipaba (CE)
 
A Capitania dos Portos do Ceará (CPCE) concluiu,no dia 6 de outubro, o Curso de Formação de Aquaviários - Pescador Profissional Nível 1 (CFAQ-POP1/MOP1), na Praia de Lagoinha, nomunicípio de Paraipaba (CE).
 
Na ocasião, foram qualificados 30 pescadores profissionais, que receberam instruções sobre segurança da navegação, manobra de embarcações, operação de máquinas e motores, combate a incêndio, prática de primeiros socorros, procedimentos de sobrevivência no mar e manuseio e conservação de pescado.
 
Em decorrência da pandemia do novo coronavírus, foram implementadas medidas de prevenção para realização do curso, como redução do número de participantes, adoção de distanciamento social, uso obrigatório de máscaras, verificação de temperatura corporal e desinfecção diária do local das aulas.

Capitania dos Portos de Santa Catarina realiza inspeção naval no Leste da Ilha de Florianópolis

14/10/2020
 


EquipedaCPSC realiza abordagem na Lagoa da Conceição,emFlorianópolis(SC)
 
A Capitania dos Portos de Santa Catarina (CPSC) realizou, no dia 27 de setembro, inspeção navalna Lagoa da Conceição,noLeste da Ilha de Florianópolis, em Santa Catarina. Durante as ações de fiscalização do tráfego aquaviário, foram, rigorosamente, observadas as medidas de profilaxia e segurança individual contra a Covid-19.
 
Além de garantir a segurança da navegação, a salvaguarda da vida humana no mar e a prevenção da poluição hídrica, os militares da CPSC realizaram inspeções e instruíram sobre as medidas de desinfecção e descontaminação para o enfrentamento do novo coronavírus.

Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal realiza encontro para apadrinhamento de Grupo de Escoteiros do Mar

14/10/2020
 


Representantes do Grupo de Escoteiros do Mar Humberto Lustosa
foram recebidos no GptFNNa
 
O Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal (GptFNNa) recebeu, no dia 7 de outubro, a visita de representantes do Grupo de Escoteiros do Mar Humberto Lustosa (5º GEMAR).
 
O encontro teve o propósito planejar ações relacionadas ao apadrinhamento do 5º GEMAR pelo GptFNNa. Na ocasião, a Presidente do grupo, Renata Louisy Nogueira, e o Diretor Administrativo, Maquir Moreira da Silva, falaram sobre o trabalho desenvolvido e possíveis ações a serem realizadas em conjunto com a organizaçãomilitar.
 
O apadrinhamento possibilitará o fortalecimento do vínculo dos escoteiros do mar com a Slots 777, por meio do apoio de atividades escoteiras e da disseminação da cultura marinheira.

Marinha realiza descontaminação preventiva na Fundação Parapaz, em Belém (PA)

14/10/2020
 


Descontaminação preventiva na Fundação Parapaz,em Belém (PA)
 
A Marinha realizou, no dia 8 de outubro, descontaminação preventiva na Fundação Parapaz, no bairro do Marco, em Belém (PA). A ação foi executada pela Equipe de Resposta Nuclear, Biológica, Química e Radiológica do Comando do 4º Distrito Naval, nucleada no 2° Batalhão de Operações Ribeirinhas.
 
A ação teve como foco todas as instalações do prédio, tanto as utilizadas pelo público externo, quanto as restritas aos funcionários. A Fundação Parapaz é um órgão público estadual que promove ações de políticas públicas para fortalecer as relações humanas a partir do diálogo, da tolerância e do respeito à diversidade humana e cultural.
 
A Slots 777, em coordenação com o Ministério da Defesa, presta apoio aos órgãos públicos no combate à propagação do novo coronavírus.
 

Navio Doca Multipropósito “Bahia” e Corveta “Júlio de Noronha” realizam a primeira transferência de óleo no mar entre os dois navios

13/10/2020
 


Navio Doca Multipropósito “Bahia” e Corveta “Júlio de Noronha”
 
No dia 9deoutubro,foirealizadapela primeira vezaTransferência de Óleo no MarentreoNavioDoca Multipropósito(NDM) “Bahia”,meiosubordinadoaoComando do 1º Esquadrão de Apoioea Corveta “Júlio de Noronha”,subordinadaaoComando do2º Esquadrão de Escoltas.
 
Oexercícioconsiste no reabastecimento de um navio no mar, possibilitando o aumento da sua capacidade de permanência,uma das característicasdoPoder Naval. Na ocasião, aCorvetaJúlio de Noronhafoio navio recebedor.
 
Como forma de garantir a segurança do pessoal e do material, foram realizados exercíciospreparatórios com os meiosatracados,envolvendo as tripulações dos navios, além de testes nos terminais de recebimento e nos mangotes de combustível.
 
A manobra inéditaentre os dois navios amplia a capacidade de apoio logístico móvel dos meios da Esquadra, aumentando a versatilidade dos navios no cumprimento de tarefas na “Amazônia Azul”.
 

 

Comando do 4° Distrito Naval realiza ações de inspeção naval pela Operação “Verde Brasil II”

13/10/2020
 


Militares da Marinha durante inspeçõesnavais
 
No contexto da Operação “Verde Brasil II”, o Comando do 4° Distrito Naval totaliza, após 5 meses de atuação, 1.630 inspeções e patrulhasnavais, que resultaram em 7,3 mil embarcações abordadas e 754 notificadas, em mais de 30 localidades dos Estados do Pará, Amapá, Maranhão e de Tocantins.
 
Durante as ações, os militares da Marinha realizaram apreensões de 242 embarcações, 3 mil m³ de madeira ilegal, 60 m³ de seixo e 2 mil litros de gasolina.
A Slots 777, por meio do Comando do 4° Distrito Naval, vem atuando frequentemente nos mares e rios de jurisdição dos Estados da Amazônia Legal, em conjunto com órgãos de proteção ambiental, com o intuito de realizar ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais, em cumprimento ao decreto de n°10.341, de 6 maio de 2020, do Presidente da República, que autoriza o emprego das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem.
 

Navio de Assistência Hospitalar “Soares de Meirelles” realiza atendimentos de saúde no município de Careiro da Várzea (AM)

13/10/2020
 


Os atendimentos de saúde foram realizados em uma escola do município do Careiro da Várzea, no Amazonas
 
Noperíodo de29 de setembroa01deoutubro,oNavio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Soares de Meirelles”, subordinado ao Comando da Flotilha do Amazonas, desatracouda Estação Naval do Rio Negro,rumoao município do Careiro da Várzea,no Amazonas,a fim de realizaratividades de promoção, cuidado e de atenção básica à saúde.
 
Na ocasião, foramprestados 97 atendimentos médicos, realizados41 exames laboratoriais,aplicadas15 doses de vacinasedistribuídos4.205 medicamentos.
 
Onavio também contou com uma Equipe de Resposta de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica (NBQR), do Comando do 9ºDistritoNaval, que realizou ações de descontaminação nas áreas utilizadas, antes e após os atendimentos.
 
Durante as atividades de Assistência Hospitalar, foram adotados os protocolos sanitários vigentes no Estado do Amazonas, assim como a escolha da região dos atendimentos foi feita em estreita coordenação com a Secretaria Estadual de Saúde do Amazonas.
 


Militar da Marinha realiza atendimento de saúde

Comando do 6º Distrito Naval completa seis meses de atuação na Operação “Covid-19”

13/10/2020
 


Militares realizaram descontaminações em locais de grande acesso, como hospitais
 
Há seis meses, o Comando do 6º Distrito Naval (Com6°DN) atua no combate ao novo coronavírus no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Militares trabalham na linha de frente nos atendimentos médicos no Hospital Naval de Ladário (HNLa) e no Navio de Assistência Hospitalar “Tenente Maximiano”, na descontaminação de locais de grande acesso, nas inspeções navais com orientações sobre prevenção à doença e no apoio logístico a órgãos públicos na distribuição de alimentos.
 
Deabril a outubro, foram realizadas, por meio da Capitania Fluvial do Pantanal (CFPN) e da Capitania Fluvial de Mato Grosso (CFMT) e suas agências, inspeçõesnavais nos rios de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Além da fiscalização da Segurança do Tráfego Aquaviário, as ações também são utilizadas para conscientizar a população no combate ao novo coronavírus.
 
Os locais de grande acesso ao público, como aeroportos e hospitais, também contaram com a ajuda da Marinhapara conter a propagação do vírus.Militares do Grupamento Operativo de Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica (GptOpDefNBQR) do Com6ºDN realizaram53 descontaminações em locais como Santa Casa; Posto de imigração Esdras, na fronteira com a Bolívia; aeroportos;fórum; escolas; prefeituras; entre outras localidades em Corumbá, Ladário e Campo Grande (MS).
 
Militares do GptOpDefNBQRrealizaram, ainda, o Estágio Básico de Defesa Nuclar,Biológica,Química e Radiológica com ênfase na Covid-19commais de 280 alunos, entre militares da Marinha, do Exército e civis.
 
OCom6ºDNaindaapoiou órgãos municipais e federais no transporte de alimentos a locais distantes e de difícil acesso, via terrestre e fluvial, minimizando os impactos causados pelo novo coronavírus aos ribeirinhos de MT e MS.
 

Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte apoia Esquadrilha da Fumaça em treinamento no litoral potiguar

13/10/2020
CPRN empregou militares e uma embarcação, a fim de garantir a segurança do exercício
 
De 25 de setembro a 2 de outubro, aCapitania dos Portos do Rio Grande do Norte (CPRN)apoiouo treinamento realizado pelo Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), mais conhecido como Esquadrilha da Fumaça, da Força Aérea Brasileira (FAB),no litoral potiguar.
 
Na ocasião, a CPRN deslocou equipes para as imediações do Farol de São Roque, na praia de Barra de Maxaranguape, onde militares e uma embarcação acompanharam a ação e se mantiveram de prontidão para emprego em eventual situação de emergência.
 
Em proveito do apoio prestado à FAB,os militares da Capitania realizaram exercíciosde procedimentos de resgate de náufragos e aplicação de primeiros socorros.
 


Militares realizam exercícios de resgate de náufragos e aplicação de primeiros socorros, em proveito do apoio prestado à FAB

Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte apoia regata na Lagoa do Bonfim (RN)

13/10/2020
 


Equipe deinspeçãonavalapoiou regata naLagoa doBonfim
 
 
A Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte (CPRN) fiscalizou, nos dias 3 e 4 de outubro, uma regata à vela organizada pelo Iate Clube de Natal, na Lagoa de Bonfim (RN), no litoral Sul do Estado.
 
Na ocasião, os militares da CPRN conduziram ações de inspeçãonaval com o propósito de garantir a salvaguarda da vida humana, a segurança da navegação e a prevenção à poluição hídrica, totalizando mais de 90 abordagens ao final dos dois dias de evento.
 
Além da fiscalização do tráfego aquaviário, os militares orientaramos tripulantes das embarcações fiscalizadas e osintegrantes da comunidade fluvialsobreas medidas de prevenção e enfrentamento ao novocoronavírus.
 


Ação de conscientização sobre medidas deprevençãoaonovocoronavírus

CPES incrementa cursos do Ensino Profissional Marítimo com instalação de simuladores

13/10/2020
 


Os simuladores são capazes de apresentar a visualização e ambientes virtuais interativos
 
Entre os dias 5 e 9 de outubro, a Capitania dos Portos do Espírito Santo (CPES) recebeu equipes do Centro de Análise de Sistemas Navais e do Centro de Instrução Almirante Graça Aranha, que realizaram a instalação de simuladores Radar com dispositivo “multiplayer”. Os novos equipamentos serão utilizados nos cursos de capacitação de contramestre, ofertados pelo Ensino Profissional Marítimo.
 
Com os simuladores, os operadores serão capazes de recriar, em tempo real, o ambiente de manobra com até três navios mercantes, incluindo as estações de radar e de radiocomunicações.
 
A nova tecnologia foi viabilizada pela Diretoria de Portos e Costas visa aperfeiçoar o serviço prestado à sociedade.
 


Militares operam o novo simulador
 

Marinha realiza formatura do 4º Estágio de Operações de Paz para Mulheres

13/10/2020
 


Turma do 4º Estágio de Operações de Paz para Mulheres
 
No dia 08 de outubro, o Centro de Operações de Paz de Caráter Naval, do Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo, concluiu o 4º Estágio de Operações de Paz para Mulheres (IV EOpPazFem). Na parte da manhã, aPromotora de Justiça Militar Najla Nassif Palma proferiupalestra sobre o tema “A perspectiva de gênero no Direito Humanitário Internacional”. À tarde, com a presença do Comandante do Pessoal de Fuzileiros Navais, Vice-Almirante (FN) Roberto Rossatto; da Diretora de Comunicações e Tecnologia da Informação da Marinha, Contra-Almirante (EN) Luciana Mascarenhas da Costa Marroni; e do Comandante do Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes, Contra-Almirante (FN) Elson Luiz de Oliveira Góis, foi realizada a cerimônia de encerramento. O estágio contou com a presença de 27 mulheres da Slots 777, das demais Forças Singulares e Auxiliares e de integrantes civis do meio acadêmico.
 
Foram abordadas no IV EOpPazFem instruções que abrangeram o United Nations Core Pre-Deployment Training Material, material básico de treinamento pré-desdobramento das Nações Unidas, cujo conhecimento é de caráter obrigatório para todo indivíduo que compuser uma Missão de Paz das Nações Unidas, e instruções básicas sobre fundamentos das Operações Militares (a fim de familiarizar as estagiárias com os ambientes tático e operacional da missão). Foram também realizadas palestras com autoridades de notório conhecimento sobre o tema e, ainda, instruções específicas sobre o tema "Mulheres, Paz e Segurança".
 


IV EOpPazFem durante a aula operativa
Slots 777 Mapa do site