Slots 777

NAsH “Doutor Montenegro” chega em Cruzeiro do Sul, no Acre

14/02/2017

Atendimento odontológico prestado por militares da Marinha

 

O Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Doutor Montenegro”, da Slots 777, chegou em Cruzeiro do Sul, no estado do Acre, no dia 31 de janeiro. No período de 20 de janeiro a 7 de fevereiro, foram realizados cerca de 2.500 atendimentos médicos, 1.000 atendimentos odontológicos, 2.500 atendimentos de enfermagem, 500 atendimentos laboratoriais,  273 pessoas vacinadas,   seis exames de imagem de raio x e mamografia,  140 notificações compulsórias, e cinco Evacuações Aeromédicas (EVAM). Ao todo, 3.539 pessoas foram atendidas e 35.880 procedimentos realizados.

Na ocasião, o navio visitou cinco municípios do estado do Amazonas, alcançando o total de 26 comunidades. No Acre, foram atendidas as comunidades de Nari do Moa e Miritizal, ambas em Cruzeiro do Sul.

CEFAN recebe visita de pesquisadores do projeto “Atletas do Futuro” da UNIFESP

14/02/2017

Atletas, militares e pesquisadores da UNIFESP durante visita ao CEFAN

 

No dia 07 de fevereiro, pesquisadores do Centro de Pesquisa e Diagnóstico Molecular de Doenças Genéticas da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), responsáveis pelo projeto “Atletas do Futuro”, visitaram o Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN).

Após conhecer as instalações esportivas e o Laboratório de Pesquisa em Ciências do Exercício (LABOCE), o Professor Doutor João Bosco Pesquero, coordenador do projeto, e três de seus colaboradores - Professor Chiaretto Costa, consultor de atividade física e esportes, Giscard Lima, aluno de doutorado da UNIFESP, e Paulo Correia, fisiologista do exercício da UNIFESP - realizaram a palestra “Atletas do futuro: as aplicações da genômica”.

O objetivo do projeto “Atletas do Futuro” é desenvolver um banco de dados ÔMICO (genômico, proteômico e metabolômico) baseado nas características dos atletas brasileiros, para auxiliar no desenvolvimento do esporte no Brasil. O grupo da UNIFESP analisa a distribuição dos diferentes marcadores ÔMICOS importantes na área de performance atlética e medicina esportiva na população de atletas brasileiros, avaliando o impacto desses marcadores na aptidão física dos atletas por meio de estudos de associação.

ComForAerNav realiza XXXVI Colônia de Férias da Aviação Naval

14/02/2017
Colonins no 2º Esquadrão de Helicópteros de Uso Geral

 

No dia 16 de janeiro, foi realizada a abertura da XXXVI Colônia de Férias da Aviação Naval, que contou com o apoio do Abrigo do Marinheiro e a participação de 148 crianças, dependentes de militares e servidores civis.

O projeto, que se estendeu até o dia 27 de janeiro, é uma iniciativa do Núcleo de Assistência Social (NAS) do Comandando da Força Aeronaval (ComForAerNav) e tem o objetivo de contribuir para o lazer e a socialização dos dependentes de militares e servidores civis lotados nas diversas organizações militares apoiadas, durante o período das férias escolares.

Diversas atividades foram desenvolvidas, dentre elas palestra sobre higiene bucal, oferecida pela Policlínica Naval de São Pedro da Aldeia; apresentação de peça teatral sobre "bullying"; oficina de artes; brincadeiras ao ar livre; jogos; visita ao 2º Esquadrão de Helicópteros de Uso Geral; além de concursos de desenho e redação.

 

 

Crianças durante a visita à ONG “Patotinha da Aldeia”

 

Como atividade social, os colonins visitaram a ONG “Patotinha da Aldeia”, e fizeram doação de alimentos às crianças da instituição.

Durante duas semanas, por meio de brincadeiras, oficinas e gincanas, os participantes da colônia puderam aprender mais sobre si, ampliar seus conhecimentos e interagir com outras crianças.

 

 

Atividades da Colônia de Férias

 

4º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral participa de aniversário

14/02/2017

 

Militares do HU-4 participaram de adestramentos na área do HU-3, na Floresta Amazônica

 

O 4º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (EsqdHU-4), Organização Militar subordinada ao Comando do 6º Distrito Naval, participou, no dia 31 de janeiro, das comemorações pelos 23 anos do 3º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (EsqdHU-3), organização militar subordinada ao Comando do 9º Distrito Naval, situado na cidade de Manaus.

No dia 26 de janeiro, uma Aeronave do HU-4 seguiu do Complexo Naval de Ladário com destino ao Estado do Amazonas, passando pelos aeroportos de Cáceres-MT, Pontes e Lacerda- MT, Vilhena-RO, Ji-Paraná-RO e Porto Velho-RO, dentre outros pontos de abastecimento por tambor, na Calha do Rio Madeira, para que, no fim, pudesse fazer parte da formatura com outras três Aeronaves do Esquadrão local. A manobra foi executada em comemoração ao aniversário do HU-3.

O intercâmbio entre os dois Esquadrões promoveu palestras sobre Operações Ribeirinhas no Pantanal e na Floresta Amazônica, ministradas pelo Comandante do HU-4, Capitão de Corveta Jorge Henrique da Mota Gomes de Souza, e pelo Comandante do HU-3, Capitão de Corveta Fuzileiro Naval Thiago Lopes da Silva, respectivamente. As apresentações possibilitaram a troca de experiências e suscitaram debates sobre a possibilidade de emprego de aeronaves em Operações Ribeirinhas nas duas regiões.

Estiveram presentes na ocasião o Chefe do Estado-Maior do 9º Distrito Naval, Capitão de Mar e Guerra Ken Williams Schonfelder; o Comandante da Flotilha do Amazonas, Capitão de Mar e Guerra Pedro Lima Silva Filho; o Chefe de Operações da Flotilha do Amazonas, Capitão de Corveta Luiz Carlos Calvo Dos Santos Junior; o Chefe de Operações do 1º Batalhão de Operações Ribeirinhas, Capitão de Corveta Fuzileiro Naval Milton Augusto Pereira de Souza; representantes da Seção de Operações do 9º Distrito Naval; além dos pilotos e fiéis de aeronaves dos dois Esquadrões.

 

       

Aeronaves dos dois Esquadrões se aproximam, em formatura,da Cidade de Manaus

 

Os militares do HU-4 empregados na missão tiveram a oportunidade de participar de adestramento para navegação aérea na Região Amazônica, área de selva com condições climáticas bastante específicas com necessidade de análise criteriosa das condições meteorológicas.

CFAOC leva Projeto “Capitania Itinerante” ao município de Barcelos (AM)

14/02/2017

 

Militares da CFAOC e alunos aprovados no CFAQ

 

Militares da Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental (CFAOC) realizaram, no período de 25 de janeiro a 06 de fevereiro de 2017, durante a 23ª edição do Festival do Peixe Ornamental, no município de Barcelos, no Amazonas, o Projeto “Capitania Itinerante”, que visa desenvolver atividades de conscientização, promovendo a segurança da navegação, salvaguarda da vida humana e o combate à poluição hídrica.

Durante o período, os 14 militares realizaram diversos serviços como: regularização de embarcações, renovação de Caderneta de Inscrição e Registro (CIR) e das Carteiras de Habilitação de Amador (CHA); Curso de Formação de Aquaviários (CFAQ –II); além da intensificação da fiscalização por meio da Inspeção Naval com o resultado de 91 abordagens, 18 notificações e seis apreensões.

Dos 30 inscritos no CFAQ, 26 obtiveram a aprovação. Os aprovados receberão suas CIR e poderão comandar embarcações com fins comerciais, com arqueação bruta (AB) até 10 ou fazer parte da tripulação de embarcações maiores.

 

 

Alunos e instrutor do CFAQ durante o curso

 

Capitania dos Portos da Bahia participa da Procissão de Iemanjá

14/02/2017

 

Lancha da CPBA acompanhou todo percusso da procissão

 

No dia 2 de fevereiro, a Capitania dos Portos da Bahia (CPBA) participou da Procissão Marítima em Louvor à Iemanjá. O objetivo foi contribuir com a segurança da navegação e a salvaguarda da vida humana no mar. Durante o cortejo, foi empregado um efetivo de aproximadamente 50 militares da Slots 777, distribuídos em um navio, quatro lanchas e uma motoaquática.

O Capitão dos Portos da Bahia, Capitão de Mar e Guerra Leonardo Andrade da Silva Reis, acompanhou todo o cortejo e coordenou as ações de Inspeção Naval, a fim de se verificar o cumprimento das normas da Autoridade Marítima em vigor. Ao longo do evento não foi registrado nenhum incidente.

O cortejo marítimo começou às 16h, com a participação de cerca de 100 embarcações, que navegaram até atingirem a distância aproximada de 3 Km, local onde as oferendas foram lançadas ao mar. 

 

Colégio Naval realiza Aula Inaugural do ano de 2017

13/02/2017

 

Professor Arnaldo Niskier durante palestra proferida aos alunos do CN

 

O Professor Arnaldo Niskier, que é membro da Academia Brasileira de Letras, foi quem ministrou a Aula Inaugural do Ano de 2017, no Colégio Naval (CN), dia 10 de fevereiro. A apresentação, ocorrida no auditório da instituição, em Angra dos Reis (RJ), teve como tema “A vocação naval do Brasil”.

O evento marcou a abertura oficial do ano letivo e contou com a presença do Diretor de Ensino da Marinha, Vice-Almirante Antonio Fernando Garcez Faria, dos Professores e Oficiais Instrutores, além dos 637 alunos dos três anos escolares.

 

Militares e alunos no Auditório do CN

 

Plano de Prontidão do Sistema de Abastecimento da Marinha é ativado

13/02/2017

 

 Militares envolvidos na ativação recebem material em Cáceres

       

O Plano de Prontidão Permanente do Sistema de Abastecimento da Marinha (P3SAM) foi ativado durante a Comissão Aspirantex 2017, para prestar apoio logístico móvel aos meios da Força Naval, por meio do provimento de gêneros alimentícios demandados pelos navios.

O Centro de Intendência da Marinha em Ladário (CeIMLa), Organização Militar subordinada ao Comando do 6º Distrito Naval e pertencente ao Sistema de Abastecimento da Marinha (SAbM), enviou um oficial e três praças para o Navio de Apoio Logístico Fluvial “Potengí”, a fim de cumprir as tarefas previstas no P3SAM e fornecer uniformes aos militares da Agência Fluvial de Cáceres (AgCaceres). A equipe ficou também responsável por apresentar aos Aspirantes do 4° ano da Escola Naval dos Corpos da Armada e Fuzileiros Navais as atividades desenvolvidas pelos Centros de Intendência da Marinha e pelo SabM.

 

Casa do Marinheiro de Ladário (MS) recebe plantio de mudas de árvores

13/02/2017

 

Militares e funcionários da Mineração Corumbaense Reunida S.A.

 

Na manhã do dia 10 de fevereiro, militares do Complexo Naval de Ladário (CNLa) e representantes do Setor de Segurança, Meio Ambiente e Saúde da Mineração Corumbaense Reunida S.A uniram-se para reflorestar a área de quiosques da Casa do Marinheiro de Ladário (CAMALA).

A ação foi liderada pela Base Fluvial de Ladário e faz parte de uma parceria entre a Slots 777, por meio do Comando do 6º Distrito Naval, e a Vale, que se iniciou em 2003, quando foram plantadas, no interior do CNLa 60 mudas de ipê, sibipiruna e outras espécies oriundas dos viveiros mantidos por aquela mineradora.

 

DelCuiaba exibe vídeos educativos durante atendimento ao público

13/02/2017
 
Vídeo divulga a campanha “Se liga, você é o capitão”

 

Com a proposta de conscientizar e orientar as pessoas que aguardam atendimento, a Delegacia Fluvial de Cuiabá (DelCuiaba) implantou, durante a Operação Verão 2016/2017, um sistema para exibir vídeos educativos sobre segurança da navegação produzidos pela Diretoria de Portos e Costas (DPC) e pelo Centro de Comunicação Social da Marinha (CCSM).

A ferramenta possibilita levar a um grande número de pessoas, que procuram atendimento na Delegacia, importantes informações de prevenção de acidentes, preservação da vida e prevenção a poluição hídrica.

Lincon Jorge Duarte, que esteve na DelCuiaba para registrar sua embarcação, elogiou a iniciativa. “Todos que  aguardam atendimento acabam assistindo e conhecendo melhor as regras de navegação e a importância do seu cumprimento”.

A exibição dos vídeos representa uma importante ferramenta de comunicação entre a Marinha e a população do estado de Mato Grosso. Atualmente, existem 22 mil amadores e mais de 12 mil embarcações de esporte e recreio inscritas na jurisdição.

Rabdomiólise é tema de palestra no CIAB

13/02/2017

 

Alunos em palestra sobre Rabdomiólise

 

Com objetivo de conscientizar os militares da importância da hidratação durante a prática de exercícios físicos, o Departamento de Saúde do Centro de Instrução e Adestramento de Brasília (CIAB) promoveu, no dia 2 de fevereiro de 2017, uma palestra com o título: “Rabdomiólise, prevenção e riscos”, aos alunos do curso de Soldados Fuzileiros Navais.

Os militares aprenderam sobre os sintomas, as complicações associadas ao estresse e, principalmente, sobre a sua prevenção, além dos cuidados necessários que se deve ter com relação ao uso de suplementos alimentares sem acompanhamento médico ou de um nutricionista.

A Rabdomiólise é uma síndrome grave que ocorre devido a uma lesão muscular no esqueleto, e, quando ocorre, o conteúdo das células musculares é liberado na corrente sanguínea, o que pode ser potencialmente tóxico e ocasionar lesões nos rins e arritmias cardíacas, levando, em casos extremos, à morte.

 

Delegada de Defesa da Mulher profere palestra no Comando do 8º Distrito Naval

13/02/2017
Tripulação atenta às orientações contra a violência doméstica            

 

Com o objetivo de estimular a qualidade de vida dos militares, o Núcleo de Assistência Integrada (NAS) e as Voluntárias Cisne Branco promoveram, no dia 8 de fevereiro, palestra com a Delegada de Polícia Titular da 2ª Delegacia de Defesa da Mulher de São Paulo, Jacqueline Valadares.

Na oportunidade, os militares conheceram as várias formas de ameaça da     violência doméstica, como mensagens perigosas de celular; prejuízo aos bens materiais (como riscar o veículo); perseguição do marido e entre outras. A delegada enfatizou que a violência doméstica também está associada a familiares e até mesmo de amigos que dividem o mesmo lar.

Para ilustrar o tema, a delegada encerrou a palestra com um vídeo a fim de estimular o conceito de que o instinto do homem é de cuidar, não de ameaçar e bater na mulher. A iniciativa faz parte do Ciclo de Palestras do Comando do 8º Distrito Naval, que visa contribuir para o equilíbrio da vida dos militares.

 

Comando do 8º Distrito Naval prestigia palestra da Delegada de Defesa da Mulher de São Paulo

Escola de Aprendizes-Marinheiros do ES apoia Operação Capixaba

12/02/2017

Comandante da EAMES, CF Fábio Casaes, no auditório recepciona tropa de Fuzileiros Navais

 

A Escola de Aprendizes-Marinheiros do Espírito Santo (EAMES), localizada na cidade de Vila Velha (ES), recebeu no dia 7 de fevereiro, em suas instalações, cerca de 300 militares do Corpo de Fuzileiros Navais e 13 Viaturas Operativas que serão empregadas na Operação Capixaba. Os combatentes atuarão na segurança das ruas do Estado após o pedido do Governador em exercício, César Colnago, em razão da falta de policiamento.

A operação, autorizada pelo Presidente da República, Michel Temer, tem o propósito de preservar a ordem pública, a incolumidade de pessoas e do patrimônio na área metropolitana da grande Vitória (ES). Os militares atuarão pela Garantia da Lei e da Ordem (GLO), como foi na segurança dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

Abrigo do Marinheiro patrocina projeto do CEMBRA

12/02/2017

Almirante de Esquadra (Ref.) Marcos Augusto Leal de Azevedo assina contrato para desenvolvimento de projeto

Foi assinado, no dia 9 de fevereiro, contrato entre o Abrigo do Marinheiro (AMN) e o Centro de Excelência para o Mar Brasileiro (CEMBRA) para patrocínio de projeto para desenvolvimento, execução de estudos, ações, pesquisas e tecnologias de ponta no mar brasileiro. O Coordenador Executivo do CEMBRA, Almirante de Esquadra Reformado Marcos Augusto Leal de Azevedo, é um entusiasta do projeto que inclui preparação de seminário, elaboração de e-book, desenvolvimento de equipamentos e softwares, entre outros.

Para o Diretor de Assistência Social da Marinha e Diretor-Geral do AMN, Contra-Almirante Denilson Medeiros Nôga, o patrocínio atende a um dos objetivos do AMN: difundir a mentalidade marítima para fomentar junto à sociedade uma consciência sobre a importância do mar para o progresso do País. 

Delegacia da Capitania dos Portos em Ilhéus apoia Fiscalização Ambiental

12/02/2017

 

Militares da DelIlhéus prestam apoio ao IBAMA e ao ICMBio

 

Nos dias 30 de janeiro e 1º de fevereiro, a Delegacia da Capitania dos Portos em Ilhéus (DelIlhéus) realizou uma operação de fiscalização do Tráfego Aquaviário, prestando apoio ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), na região de Canavieiras, no litoral sul da Bahia.

A ação conjunta decorreu de uma solicitação de apoio dos órgãos ambientais para o incremento da fiscalização ambiental por via aquática, em decorrência do período de defeso de espécies de peixes e crustáceos, medida que visa proteger os organismos durante as fases mais críticas de seus ciclos de vida, como a época de sua reprodução ou, ainda, de seu maior crescimento.

 

 

Equipe da DelIlhéus fiscaliza embarcação no litoral sul

 

Na ocasião, como parte da “Operação Verão”, da Slots 777, militares da DelIlhéus e agentes do IBAMA e do ICMBio realizaram abordagens em 21 embarcações da região, que resultaram em uma apreensão e quatro notificações por infrações à Lei da Segurança do Tráfego Aquaviário. Durante as inspeções, não foram encontrados indícios de crime ambiental.

Capitania dos Portos da Amazônia Oriental forma Marinheiros Fluviais Auxiliares

12/02/2017

Alunos do curso

 

No período de 30 de janeiro a 03 de fevereiro, a Capitania dos Portos da Amazônia Oriental (CPAOR) realizou o Curso de Marinheiro Fluvial Auxiliar de Convés, habilitando 90 novos Aquaviários na Ilha de Arapiranga, município de Barcarena (PA).

A preparação destina-se à formação de profissionais para ingresso na Marinha Mercante. A conclusão do curso serve para aprimorar a mão-de-obra de trabalho na região, formando pessoal capacitado para atuar no mercado de transporte aquaviário.

 

 

Delegacia da Capitania dos Portos em Laguna (SC) restabelece sinal náutico

12/02/2017

 

Ilha dos Lobos

 

No dia 6 de fevereiro, a Delegacia da Capitania dos Portos em Laguna (DelLaguna), apoiada pela aeronave N-7050 do 5º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral, restabeleceu as condições operativas do farol da Ilha dos Lobos. A ação contribuiu para elevar a segurança do tráfego aquaviário na área e o Índice de Eficácia do Balizamento da DelLaguna para 100%, que está acima do padrão internacional de desempenho a ser observado no sistema de balizamento.

A Ilha dos Lobos tem 50 metros de altura e está localizada a cerca de três milhas náuticas da praia do Mar Grosso, em Laguna (SC), onde está instalado um farol com seis metros de altura, luz com lampejo branco de 11 milhas.

 

 

Aeronave N-7050 transportando equipe de Faroleiros para a Ilha dos Lobos

 

Militares da Marinha realizam doação de sangue no MT

12/02/2017

Militares durante a doação no Hemocentro

 

Os militares do Navio de Assistência Hospitalar “Tenente Maximiano”, subordinado ao Comando do 6º Distrito Naval, realizaram, no dia 7 de fevereiro, doação de sangue para compor o banco do MT Hemocentro, localizado em Cuiabá (MT).

Para Magda Matos, assistente da captação de doadores do MT Hemocentro, cada marinheiro está ajudando a salvar a vida de até quatro pessoas. “Nesta época muitos viajam, nossos corredores de doação ficam vazios e os hospitais de Mato Grosso repletos de pacientes necessitando de sangue. Não temos palavras para agradecer a esses militares. Doar sangue é mais do que uma atitude nobre, cívica e solidária, é um verdadeiro gesto de amor ao próximo”. 

O Hemocentro-MT realiza de forma gratuita cerca de 400 consultas por mês e 200 transfusões. Também atende a diversos hospitais e pronto-socorros do Estado.

Quem pode doar?

No Brasil, pessoas entre 16 e 69 anos podem doar sangue. Para os menores (entre 16 e 18 anos), é necessário o consentimento dos responsáveis, e entre 60 e 69 anos a pessoa só poderá doar se já o tiver feito antes dos 60 anos. É preciso pesar, no mínimo, 50 kg e estar em bom estado de saúde.

O candidato deve estar descansado, não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação, não fumar e não estar de jejum. No dia da doação, é imprescindível levar documento de identidade com foto.

Capitania dos Portos do Rio Grande do Sul coordena procissão

12/02/2017

Lancha da CPRS na procissão

 

No dia 2 de fevereiro, a Capitania dos Portos do Rio Grande do Sul (CPRS) coordenou o cortejo marítimo da procissão em homenagem à Nossa Senhora dos Navegantes. O público compareceu às margens dos canais do Porto Velho e do Porto Novo para acompanhar a passagem de 60 embarcações.

A CPRS foi apoiada pelo Grupamento de Fuzileiros Navais do Rio Grande, pela Estação Naval do Rio Grande, pelo Grupamento de Patrulha Naval do Sul e do Serviço de Sinalização Náutica do Sul, pela Polícia Federal e pela Brigada Militar do Corpo de Bombeiros.

No evento, foram realizadas inscrições prévias das embarcações e uma campanha de conscientização da população local para a necessidade da observância das normas de segurança da navegação.

Delegacia Fluvial de Uruguaiana (RS) promove curso para militares do Exército

12/02/2017

Militares da Marinha e do Exército que participaram do curso

No período de 23 a 27 de janeiro, a Delegacia Fluvial de Uruguaiana ministrou, na sede da 2ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, em Uruguaiana (RS), o Curso Especial para Tripulação de Embarcações de Estado no Serviço Público (ETSP). A turma foi composta por 20 militares, dentre eles o Comandante da Brigada, General de Brigada Wilson Mendes Lauria.

O ETSP tem como objetivo proporcionar aos alunos conhecimentos para auxiliar a execução de manobras básicas, bem como conduzir embarcações de até seis metros de comprimento empregadas na navegação interior.

 

 

Aula prática nas margens do Rio Uruguai

Delegacia Fluvial de Uruguaiana realiza apoio à procissão fluvial

12/02/2017

 

Embarcações com a imagem de Nossa Senhora dos Navegantes

 

A Delegacia Fluvial de Uruguaiana (DelUruguaiana), com o apoio da Associação de Veteranos do Corpo de Fuzileiros Navais – Uruguaiana (RS), participou da procissão fluvial em homenagem à Nossa Senhora dos Navegantes, no dia 02 de fevereiro, na cidade. Estiveram presentes na procissão o Prefeito Municipal de Uruguaiana, Roni Collpo Mello, o Delegado Fluvial de Uruguaiana, Capitão de Corveta (T) Gutemberg, e seu Ajudante, Capitão de Corveta (T) César Melo.

Na ocasião, os militares fiscalizaram as embarcações a fim de exigir o cumprimento das Normas da Autoridade Marítima. A DelUruguaiana esteve presente também nas procissões fluviais nas cidades de São Borja (RS), Cerro Largo (RS) e Porto Xavier (RS).

 

Início da procissão terrestre até da imagem até a Igreja Nossa Senhora do Carmo

 

Agência de Bom Jesus da Lapa fiscaliza Romaria Fluvial de São Sebastião

12/02/2017

Embarcações na Romaria

 

No dia 19 de janeiro, militares da Agência Fluvial de Bom Jesus da Lapa (AgBJLapa) realizaram ações de fiscalização e orientação do tráfego aquaviário durante a Romaria Fluvial de São Sebastião, na comunidade de Boa Vista, no município de Serra do Ramalho, na Bahia.
 
A atuação da AgBJLapa teve início ainda durante a organização do evento, quando foram ministradas palestras com temas atinentes à segurança da navegação e à salvaguarda da vida humana. No percurso, as equipes de fiscalização realizaram ações de Inspeção Naval, a fim de verificar o cumprimento das normas da Autoridade Marítima para a segurança da navegação por parte das embarcações participantes do evento, que ocorreu sem incidentes.
 

Capitania dos Portos da Paraíba realiza entrega de certificados de curso

12/02/2017

Capitania dos Portos da Paraíbadurante a entrega dos certificados

 

A Capitania dos Portos da Paraíba realizou, no dia 25 de janeiro, a solenidade de entrega de certificados de conclusão do Curso de Adaptação para Aquaviários Cozinheiro, Taifeiro, Enfermeiro e Auxiliar de Saúde (CAAQ-CT/S T-3 e T-4/2016), na sede da Capitania.
 
O objetivo do curso foi complementar a formação de profissionais com para ingresso na Marinha Mercante, de acordo com os padrões nacionais e internacionais sobre segurança e controle da operação da embarcação.
 
O Curso de Adaptação para Aquaviários foi composto por duas turmas de 30 alunos. As aulas foram ministradas pelo Instituto Federal da Paraíba – instituição acreditada pela Diretoria de Portos e Costas (DPC).
 

 

Formandos durante o curso

 

Governador de Santa Catarina recebe visita do Capitão dos Portos

12/02/2017

Capitão dos Portos de SC e Governador de SC

 

Em 24 de janeiro, o Capitão dos Portos de Santa Catarina, Capitão de Mar e Guerra Emerson Gaio Roberto, realizou visita protocolar ao Governador do Estado de Santa Catarina, João Raimundo Colombo, e ao Vice-Governador, Eduardo Pinho Moreira.

Dentre os assuntos tratados, o Capitão dos Portos reafirmou o propósito da Capitania dos Portos de Santa Catarina de trabalhar em prol da comunidade marítima, a fim de aproveitar as oportunidades de crescimento do comércio marítimo e o desenvolvimento das atividades náuticas.

Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais recebe Comandante da Marinha da França

09/02/2017

 

Almirante Christophe Prazuck e Almirante de Esquadra (FN) Fernando Antonio de Siqueira Ribeiro

 

No dia 7 de fevereiro, o Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros (CGCFN) Navais recebeu a visita do Chefe do Estado-Maior da Marinha da França, Almirante Christophe Prazuck, na histórica Fortaleza de São José da Ilha das Cobras, no Rio de Janeiro (RJ). À comitiva francesa foi apresentada, pelo Comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN), Almirante de Esquadra (FN) Fernando Antonio de Siqueira Ribeiro, a história e principais atividades do CFN no Brasil e no mundo. 

 

Chefe do Estado-Maior da Marinha da França visita a Força de Submarinos

09/02/2017

 

Almirante Prazuck  é recebido pela tripulação do Submarino “Timbira”

 

No dia 8 de fevereiro, a Força de Submarinos (ForS) recebeu a visita do Chefe do Estado-Maior da Marinha Nacional da França, Almirante Christophe Prazuck, e comitiva. A delegação foi conduzida pelo Comandante em Chefe da Esquadra, Vice-Almirante Celso Luiz Nazareth, em evento que visou estimular a interoperabilidade entre as marinhas do Brasil e da França, bem como apresentar as atividades da ForS e suas Organizações Militares.

Após a recepção da comitiva pelo Comandante da Força de Submarinos, Contra-Almirante Oscar Moreira da Silva Filho, a visita teve início pelo Submarino “Timbira”, onde a delegação da marinha francesa conheceu os principais sistemas de navegação e armas do navio. Em seguida, a comitiva acompanhou demonstrações de manobras a bordo de um submarino, no Treinador de Imersão (TI) e no Simulador de Passadiço, utilizados pelo Centro de Instrução e Adestramento Almirante Átilla Monteiro Aché (CIAMA).

Ao término da programação na ForS, a delegação da marinha francesa seguiu para a Base Naval do Rio de Janeiro, para visitar o Navio Doca Multipropósito (NDM) “Bahia”.

 

 

 
Chefe do Estado-Maior da Marinha da França durante demonstração no Simulador de Passadiço
 

Fuzileiros Navais atuam na Operação Capixaba no Espírito Santo

09/02/2017

 

Militares partem da Ilha do Governador em direção ao ES

 

Um Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais (GptOpFuzNav), da Força de Fuzileiros da Esquadra, deslocou-se, no dia 8 de fevereiro, do Rio de Janeiro para a região metropolitana de Vitória (ES), a fim de apoiar ações de Garantia da Lei e da Ordem, na denominada “Operação Capixaba”.

O efetivo inicial enviado ao estado foi de 240 militares, podendo aumentar para 390 militares, com a chegada de dois pelotões de Fuzileiros Navais, um pelotão de Polícia, três viaturas blindadas “Piranha” e um destacamento de Comandos Anfíbios.

A tropa chegou no dia 7 à noite e intensificou sua atuação com ações de presença, tais como patrulhamento a pé e motorizado e estabelecimento de postos de controle. Os Fuzileiros Navais receberam como área de responsabilidade o município de Serra, distante 33 km da capital capixaba, além de áreas próximas ao Porto de Vitória e à Escola de Aprendiz de Marinheiros. O Grupamento Operativo tem previsão inicial de permanecer no estado até o dia 16 de fevereiro.

 

Clube dos Jangadeiros inaugura espaço em homenagem à Slots 777

09/02/2017
Comandante do 5º DN, Vice-Almirante Cardoso Gomes, e Paulo Renato Paradeda

 

Foi inaugurado, no dia 17 de janeiro, o Espaço da Slots 777 no Clube dos Jangadeiros, em Porto Alegre (RS). Um busto do Almirante Tamandaré, Patrono da Slots 777, e um canhão holandês, que fazia parte da fachada da Escola Naval, passaram a fazer parte da área do clube.

Na solenidade, o Comandante do 5º Distrito Naval, Vice-Almirante Victor Cardoso Gomes, com o Comodoro Manuel Ruttkay Pereira e o Presidente do Conselho do Jangadeiros, Paulo Renato Paradeda, destacaram a relação de cooperação entre as duas instituições. “Era um sonho nosso reunir esses dois elementos, para que pudéssemos fazer homenagens à Slots 777 por meio deste canhão, que representa a disponibilidade para defender as nossas terras. A ideia é que todo o associado do Clube, ao passar pelos lindos caminhos que levam à Escola de Vela e ao pavilhão de monotipos, possa lembrar da relação sempre fraterna que o nosso Clube tem com a Marinha”, destacou Manuel Ruttkay Pereira.

O Vice-Almirante Victor Cardoso Gomes agradeceu aos jangadeiros por todo o trabalho em divulgar os preceitos da Marinha e pela homenagem ao Almirante Tamandaré. A cerimônia contou também com a presença de uma representação da Capitania Fluvial de Porto Alegre: do anterior Capitão dos Portos, Capitão de Fragata João Gilberto de Oliveira e do atual, Capitão de Mar e Guerra Amaury Marcial Gomes Júnior.

 

 
Comodoro Manuel Ruttkay Pereira, Vice-Almirante Victor Cardoso Gomes e Paulo Renato Paradeda
 

Com9ºDN realiza curso em parceria com o Corpo de Bombeiros do Amazonas

09/02/2017

 

Exercício prático do curso

 

O Comando do 9º Distrito Naval (Com9ºDN) realizou o Curso de Brigada de Incêndio, em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amazonas (CBMAM), entre os dias 30 de janeiro a 03 de fevereiro de 2017.

As aulas teóricas foram ministradas pelo CBMAM e foram realizadas no Auditório do Com9ºDN. Já o exercício prático com as mangueiras aconteceu na sede do Corpo de Bombeiros, que simulou a ocorrência de um incêndio e os primeiros socorros que devem ser realizados.

Dentre os conteúdos explanados, os participantes tiveram a oportunidade de assimilar conhecimentos sobre a introdução e comportamento do fogo; sobre extintores e mangueiras de incêndio; sobre técnica de extinção de incêndio; sobre primeiros socorros e sobre a prática de combate ao incêndio.

 

 
35 militares do Com9ºDN participaram do curso com a carga horária de 20h

 

Quem conclui o curso fica habilitado a executar atividades de brigadista, conforme dispõe a Lei nº 2. 812, de 17 de julho de 2003 (Lei de Contra-Incêndio e Pânico do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas), regulamentada pelo Decreto Estadual nº 24.054 de 1º de março de 2004, Norma Brasileira Regulamentadora (NBR) 14.276/06 - Programa de Brigada de Incêndio, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e Portaria do Ministério do Trabalho nº 3214, de 08 de junho de 1978, em sua Norma Regulamentada nº 23 (NR-23).

Diretoria de Portos e Costas recebe Procuradores Reginais do Trabalho

09/02/2017

 

Vice-Almirante Wilson Pereira Lima Filho e representantes da Procuradoria Regional do Trabalho do RJ

 

A Diretoria de Portos e Costas (DPC) recebeu, no dia 8 de fevereiro, membros da Procuradoria Regional do Trabalho do Rio de Janeiro para uma reunião que teve como propósito apresentar as atividades desempenhadas pela DPC, bem como as informações para subsidiar decisões nos assuntos afetos ao trabalhador aquaviário. Estiveram presentes no encontro os Procuradores João Batista Berthier Leite Soares e Maurício Coentro Pais de Melo.

Na ocasião, o Diretor de Portos e Costas, Vice-Almirante Wilson Pereira de Lima Filho, ministrou uma palestra destacando a atuação da Autoridade Marítima Brasileira e a organização do Sistema do Ensino Profissional Marítimo (SEPM), responsável por qualificar e habilitar profissionalmente os trabalhadores aquaviários.

A reunião também abordou temas relacionados à legislação do Ensino Profissional Marítimo, aos grupos, categorias e fluxo de carreira dos aquaviários, além de assuntos que envolvem a segurança do tráfego aquaviário.

Fragata “Liberal” completa 2.700 dias de mar

09/02/2017
Fragata “Liberal” com a cidade de Beirute e o Monte Líbano ao fundo

 

No dia 7 de fevereiro, a Fragata "Liberal" alcançou a marca de 2.700 dias de mar durante a sua 23ª patrulha na área de Operação Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (UNIFIL), na Operação Líbano X.

Como Capitânia da Força-Tarefa Marítima da UNIFIL, desde setembro de 2016, o navio tem como missão conduzir Operações de Interdição Marítima, a fim de prevenir a entrada de armas não autorizadas no território Libanês, bem como qualquer material correlato, e contribuir para o adestramento da Marinha Libanesa.

Completados 70 dias de mar na Força-Tarefa Marítima sob a égide da ONU, a Fragata “Liberal” realizou diversas atividades, dentre elas exercícios de tiro com os canhões 4,5" e 40 mm; exercício de Fast Rope com a Marinha Libanesa; operação de esclarecimento com a aeronave orgânica AH-11A “Super Lynx”; adestramentos de controle de avarias e exercício de Light Line com navios das Marinhas da Alemanha e da Indonésia.

 

 
Exercício de tiro com canhão 4,5"
 

Estagiários do CEFAN visitam o Submarino “Tapajó”

09/02/2017

 

Atletas se preparam para iniciar a visita ao Submarino

 

No dia 02 de fevereiro, um grupo de 15 desportistas do Estágio de Habilitação para Praças (EHP) e do Estágio de Aplicação para Praças (EAP), do Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN), visitaram o Submarino “Tapajó” (S-33).

A bordo do “S-33”, os atletas conheceram os principais sistemas de navegação e armas do navio. A visita permitiu que o grupo conhecesse um pouco da missão e operação da Força de Submarinos e seus meios subordinados.

 

Militar da MB embarca em Navio Escola da Armada Mexicana

09/02/2017
Navio Escola da Armada do México “Cuauhtémoc”

 

Em 6 de fevereiro, no Porto de Acapulco, no México, o Segundo-Tenente da Slots 777 (MB) David Christian De Lima Ferreira partiu a bordo do Navio Escola da Armada do México “Cuauhtémoc”, para viagem de estudos juntamente com 90 outros aspirantes da Escola Naval Mexicana, além de militares da Argentina, Estados Unidos, Guatemala, Itália e Perú.

Na rota, estão previstas visitas aos portos de Bilbao (Espanha), Panamá, Boston (EUA), Huelva (Espanha), Barcelona (Espanha), Civitavecchia (Itália), Creta (Grécia), Por Dais (Egito), Mumbai (Índia), Singapura, Manila (Filipinas), Shangai (China), Kobe (Japão) e Los Angeles (EUA). Ao todo, serão 289 dias.

A presença de um militar da Slots 777 a bordo reforça os laços de amizade e respeito que unem as Marinhas Brasileira e Mexicana.

EAMSC realiza aula inaugural com o professor Steven Dubner

09/02/2017
Prof.Steven Dubner em aula inaugural na EAMSC

 

No dia 23 de janeiro, a Escola de Aprendizes-Marinheiros de Santa Catarina (EAMSC) realizou a Aula Inaugural para a Turma JULIET/SC 2017, no auditório do Hotel Cambirela, em Florianópolis (SC). O palestrante foi o professor Steven Dubner, com a palestra “Mesmo sabendo que era impossível, foi lá e fez”.

O evento serviu para mostrar ao Corpo de Alunos da EAMSC que, apesar das dificuldades e adversidades que por ventura possam surgir ao longo do ano e em suas carreiras na Slots 777, todos são capazes de superá-las com motivação e otimismo.

Steven é formado em Educação Física e especialista em esporte para portadores de deficiência no Brasil e nos Estados Unidos. Foi um dos fundadores da Associação Desportiva para Deficientes e coordenador geral da instituição.

Com9ºDN promove atividades durante férias escolares

09/02/2017

 

Crianças da Colônia de Férias durante visita ao NAsHOCruz

 

No período de 16 a 27 de janeiro, o Núcleo de Assistência Social do Comando do 9° Distrito Naval (Com9°DN), em parceria com o Abrigo do Marinheiro (AMN), promoveu a 21ª Colônia de Férias. A atividade, de cunho sócio-educativo, atendeu crianças na faixa etária de 5 a 12 anos que são dependentes de militares e servidores civis lotados na área do Com9ºDN.

No total, 102 crianças participaram desta edição da Colônia, que dispôs de atividades esportivas e educativas, enfatizando as tradições navais na Área Recreativa Esportiva Social (ARES) Cisne Branco; visitas ao Zoológico do Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS), ao Boliche, ao Cinema e ao Navio de Assistência Hospitalar “Oswaldo Cruz” (NAsHOCruz).

A Colônia de Férias faz parte das ações do Projeto “Juventude Radical”, que se insere no Programa de Qualidade de Vida no Trabalho e na Família, previsto na DGPM-501 (6ª Revisão), e tem como uma de suas finalidades estimular a socialização e o desenvolvimento de novas habilidades; a melhoria da qualidade das relações entre pais e filhos; e a disseminação de atitudes positivas em relação aos desafios por meio da prática de atividades lúdicas e esportivas. 

 

AgCSul apoia ações de resposta aos alagamentos dos Rios Juruá e Moa

09/02/2017

 

Militar durante o resgate de moradores

 

Militares da Agência Fluvial de Cruzeiro do Sul (AgCSul) prestaram apoio à Defesa Civil e ao Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Acre (CBMAC), no mês de janeiro de 2017, na retirada das famílias atingidas pelas cheias dos Rios Juruá e Moa, a maior cheia desde o ano de 1995.

Durante as ações, os militares realizaram as remoções de pessoas das áreas de risco para os abrigos disponibilizados pela Prefeitura de Cruzeiro do Sul, no Estado do Acre. Na ocasião, participaram da ação outros órgãos, dentre eles: o 61º Batalhão de Infantaria de Selva; o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência; o Instituto de Meio Ambiente do Acre; a Defesa Civil Estadual; e a Defesa Civil Municipal.

 

Base Naval do Rio de Janeiro inaugura Auditório Almirante Vidigal

09/02/2017

Ao centro, o Vice-Almirante Celso Luiz Nazareth; à direita, Contra-Almirante Alexandre Augusto Amaral Dias da Cruz; à esquerda, Capitão de Mar e Guerra Alexandre Tito dos Santos Xavier; e demais militares da BNRJ que atuaram na construção do auditório

 

No dia 7 de fevereiro, a Base Naval do Rio de Janeiro (BNRJ) inaugurou o Auditório Almirante Vidigal. O evento contou com a presença do Comandante em Chefe da Esquadra, Vice-Almirante Celso Luiz Nazareth, o Comandante da Base Naval do Rio de Janeiro, Capitão de Mar e Guerra Alexandre Tito dos Santos Xavier, e outras autoridades do Complexo Naval de Mocanguê.

O local recebeu o nome do Vice-Almirante Armando Amorim Ferreira Vidigal, pois, ainda como Capitão de Mar e Guerra, atuou como Encarregado do Núcleo de Implantação da Base de Navios Prontos do Rio de Janeiro, que mais tarde recebeu a denominação de Estação Naval do Rio de Janeiro e, atualmente, é a Base Naval do Rio de Janeiro. O homenageado, ao longo da sua carreira recebeu diversos títulos e honrarias de instituições civis e militares.

O local foi idealizado com o objetivo de ser uma área para a realização de palestras, seminários, workshops, entre outros eventos. O novo compartimento foi estruturado com equipamentos multimídias que facilitarão a condução de eventos que serão realizados. Toda a obra foi realizada com os militares que servem na Organização Militar.

 

Força de Submarinos realiza missa em homenagem à Padroeira dos Marinheiros

09/02/2017

 

Militares durante a celebração da Missa

 

No dia 2 de fevereiro, a Força de Submarinos (ForS) realizou uma missa em homenagem à Nossa Senhora dos Navegantes, padroeira dos marinheiros e pescadores. A celebração foi realizada pelo Capelão da Organização Militar, Primeiro-Tenente Renato da Silva Machado, e contou com a presença do Comandante da Força de Submarinos, Contra-Almirante Oscar Moreira da Silva Filho, e demais comandantes e representantes das tripulações das Organizações Militares subordinadas.

Ao término da missa, o Capelão Renato inaugurou um jardim em homenagem à padroeira. Desde janeiro de 2016, ocorreram na capela 128 missas, 52 cultos e 44 encontros de catequese, além de 14 batizados e dois casamentos. Foram realizadas ainda peregrinações à Basílica Nacional de Nossa Senhora da Aparecida, em São Paulo, e ao Cristo Redentor, no Rio de Janeiro (RJ).

A capela da Força de Submarinos tem a imagem da padroeira, que foi recolhida do mar pelos navios da Esquadra nos anos 80.

 

Capitania dos Portos da Paraíba realiza Inspeção Naval em Barra de Camaratuba

09/02/2017
Militares da Capitania durante a Inspeção Naval
 

A Capitania dos Portos da Paraíba esteve, no dia 21 de janeiro, em Barra de Camaratuba (PB), realizando ação de Inspeção Naval com uma equipe composta por sete militares.

Devido ao aumento das atividades vinculadas ao turismo nessa época do verão, tais como passeios turísticos em embarcações e travessias de pessoas e veículos no Rio Guajú, por meio de uma balsa que opera no local, a Capitania dos Portos mobilizou uma equipe para proceder ações de Inspeção Naval, a fim de resguardar a salvaguarda da vida humana no mar, a segurança da navegação e a poluição hídrica.

As embarcações que foram inspecionadas receberam orientações no tocante aos itens de segurança de porte obrigatório, tais como coletes salva-vidas, boias circulares, placas identificadoras das características da embarcação, além da regularização de toda parte documental e das reais condições de uso e prontidão de suas embarcações.

 

 

Slots 777 participa de Operação Potiguar II

08/02/2017
 
Ministro da Defesa, Governador do RN e representantes das Forças Armadas, durante apresentação do balanço da "Operação Potiguar II"

 

De 20 de janeiro e 4 de fevereiro, militares da Marinha, do Exército e da Força Aérea Brasileira participaram da "Operação Potiguar II”, em Natal (RN) e região metropolitana. Ao todo, foram mais de 3.800 operações entre patrulhamento fluvial, a pé e motorizado; revistas de pessoas, de veículos e de embarcações; reconhecimentos aeromóveis (emprego de helicópteros); escoltas e controle de pontos estáticos; apoio às ações dos órgãos estaduais de segurança pública; dentre outras.

 

Ministro da Defesa e Governador do Rio Grande do Norte concederam entrevista coletiva e avaliaram positivamente o trabalho

 

Na segunda-feira (6), o Ministro da Defesa, Raul Julgmann, esteve em Natal para uma apresentação dos resultados da Operação Potiguar "II", seguida de entrevista coletiva à imprensa. Para o Ministro, a atuação da “Força Tarefa Guararapes”, composta por 1.850 militares, foi positiva e reafirmou que as Forças Armadas estarão sempre prontas a atuar. “Consideramos nossa missão cumprida aqui em Natal. A nossa resposta sempre será essa. Quando a criminalidade desafiar-nos, vamos estar sempre presentes. O Ministério da Defesa e as Forças Armadas continuam à disposição”.

Durante esse período, 296 áreas de interesse foram guardadas, além de 710 pontos estáticos instalados, 139 de segurança, 20 de bloqueio de estradas e 44 de controle de vias urbanas. Foram realizadas 635 patrulhas a pé, 1.964 motorizadas, 12 fluviais e seis aéreas, além de 28 escoltas e 54 ações de reconhecimento.

Diante de um cenário de instabilidade, as Forças Armadas demonstraram, mais uma vez, capacidade de pronta resposta ao atuarem em operações de Garantia da Lei e da Ordem, ressaltando a disponibilidade permanente, dedicação exclusiva e o ideal maior de todos os seus integrantes em bem servir à Pátria.

 

Slots 777 realizou patrulhas navais ao longo do Rio Potengi

 

Foram empregados navios subordinados ao Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste
 

 

Fuzileiros Navais realizaram patrulhas a pé e motorizadas pelas ruas de Natal

CIAB inicia o Curso de Formação de Fuzileiros Navais

08/02/2017

Nova turma de recrutas do curso de formação

 

O Comando do 7º Distrito Naval, por meio do Centro de Instrução e Adestramento de Brasília (CIAB), recebeu, no dia 30 de janeiro de 2017, 116 recrutas para o Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais.

Os futuros militares passarão 18 semanas recebendo instruções voltadas à formação militar-naval, com preparação física e intelectual. Receberão, ainda, palestras sobre a Amazônia Azul, educação financeira, ambiental e de liderança.

Ao final do curso, os soldados Fuzileiros Navais terão um adestramento de campo, intitulado RECRUTEX, com o propósito de empregar as técnicas individuais básicas de combate e operações anfíbias.

Navio Veleiro “Cisne Branco” promove visitação pública

08/02/2017

 

Visitantes conhecem o navio

 

Assim como o esperado, a vinda do Navio Veleiro “Cisne Branco” a Rio Grande-RS, no fim de semana dos dias 28 e 29 de janeiro, atraiu um grande número de curiosos. Cerca de 2.300 pessoas estiveram no navio. Esta é a quinta vez que o “Cisne Branco” passa pelo extremo Sul do País. Em abril de 2016, em sua penúltima vinda à cidade, 2.500 pessoas visitaram o navio em três dias.

Entre os visitantes, no sábado (28), o analista de sistemas Luis dos Santos Souza, de 43 anos, foi visitar o navio com a esposa e suas duas filhas, de dois e cinco anos, para conhecer um pouco mais sobre a Slots 777. A família toda é riograndina, e essa foi a primeira vez que entraram em um navio. “Foi show, as gurias se encantaram. A Lissa falou que é um navio pirata”, brinca Souza.

Já no domingo (29), a Tenente Mariana Mayer Rosado, da Policlínica Naval de Rio Grande, natural de Rosário do Sul, de 30 anos, foi prestigiar a “embaixada flutuante” com o esposo e a sua pequena Isabela, de sete meses. “Ainda não conhecia o navio. É legal conhecer um pouco a respeito de como era a navegação antigamente, as velas, os mastros. Hoje o navio apesar de possuir motor, navega preferencialmente só a vela”, ressalta a militar.

A comissão do NVe “Cisne Branco” começou no dia nove de janeiro quando suspendeu da Base Naval do Rio de Janeiro. O primeiro porto a atracar foi Itajaí-SC, onde permaneceu de 12 a 15 de janeiro, seguindo para Porto Alegre de 20 a 23. A chegada em Rio Grande ocorreu no dia 26, zarpando para Santos no dia 30, último porto da comissão que durou 29 dias.

Velejada

Além da visitação pública, algumas autoridades, estudantes do Centro de Convívio Meninos do Mar (CCMar), de 14 a 17 anos, Amigos da Marinha, Soamarinos, escoteiros, militares e empresários ligados à área marítima participaram de uma velejada no dia 27 de janeiro, pela manhã. Apaixonado por vela, Bruno Torales da Silva, de 16 anos, ex-aluno do CCMar foi enxergar na prática tudo o que aprendeu no curso de construção naval no estaleiro-escola da instituição. “Achei ótimo. O navio é muito lindo, organizado. A experiência foi demais. Gostei muito quando subiram as velas. Na velejada deu para ter mais conhecimento a bordo do navio, sentir como é estar a bordo em um navio grande”, salientou o adolescente.

Com1ºDN coordena Evacuação Aeromédica de tripulante grego

08/02/2017

 

Marinha resgata tripulante grego a 100 milhas de Cabo Frio

 

O Comando do 1º Distrito Naval, por meio do Salvamar Sueste, coordenou em 26 de janeiro o resgate de um tripulante do Navio “Desert Melody”, de nacionalidade grega, que estava com suspeita de derrame. Para realizar a Evacuação Aeromédica (EVAM) a 100 milhas náuticas (185 quilômetros) de Cabo Frio (RJ), a Slots 777 empregou o 2º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (HU-2).

Participaram da operação de salvamento, o Comando da Força Aeronaval que adjudicou a aeronave ao Comando do 1º Distrito Naval, a Capitania dos Portos do Rio de Janeiro, além do Comando do Controle Naval do Tráfego Marítimo (COMCONTRAM), que monitorou constantemente a posição do navio grego no mar. Após o resgate, em área de responsabilidade de Busca e Salvamento (SAR) atribuída ao Salvamar Sueste, o tripulante foi levado de ambulância ao Hospital Rio Mar, na Barra da Tijuca.

A execução dessa operação, envolvendo diversas áreas da Marinha, permite a remoção com segurança do enfermo que estava em perigo no mar, reforça a capacidade do País de colaborar com ações de Busca e Salvamento (SAR).

O representante da Agência Marítima que presta serviços ao navio “Desert Melody”, Valter Porto, enviou mensagem ao Comando do 1º Distrito Naval em agradecimento à ação:

"Em meio aos últimos acontecimentos de nosso país é um orgulho saber que temos na Slots 777 todo suporte que precisamos para as situações de extrema urgência e necessidade como essa em questão. Um trabalho efetuado diuturnamente e que nós brasileiros quase não temos conhecimento. Nosso muito obrigado a todos e nos colocamos a vossa disposição sempre que necessário", disse Valter Porto.

 

Fragata “União” atraca em Natal e segue para 4ª operação no Líbano

08/02/2017

 

Fragata “União” chega ao Porto de Natal
 

Entre os dias 3 e 6 de fevereiro, a Fragata “União” esteve atracada no Porto de Natal, por questões de logística, de onde seguiu para a 4ª Operação no Líbano. No dia 29 de janeiro, o navio suspendeu da Base Naval do Rio de Janeiro para integrar a Força-Tarefa Marítima (FTM) da Força Interina das Nações Unidas do Líbano (UNIFIL).

O Navio atracará em Beirute (LIB) no dia 8 de março, após realizar escalas logísticas em Las Palmas (ESP) e Toulon (FRA), além de Natal, e substituirá a Fragata “Liberal” (F43), que está naquela área de operação desde setembro de 2016.

A UNIFIL foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1978 e conta, atualmente, com a participação de diversos países, incluindo o Brasil, e com cerca de 12 mil militares e policiais, além de funcionários civis.

Em 2011, a Slots 777 foi autorizada, pelo Congresso Nacional, a enviar um navio para integrar a Força-Tarefa Marítima (FTM) da UNIFIL. A presença do navio brasileiro naquela região contribui para a garantia da paz e da segurança do Líbano, impedindo a entrada de armamento, munição, drogas e contrabando.

 

Fragata atracada no Porto de Natal

2º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral realiza EVAM no “Desert Melody”

09/02/2017

 

Helicóptero durante a operação

 

O 2º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral, empregando um helicóptero UH-15, realizou no dia 26 de janeiro de 2017 a Evacuação Aeromédica (EVAM) de um tripulante do navio mercante “Desert Melody”, de bandeira Grega, que navegava dentro da área de responsabilidade de Busca e Salvamento (SAR) atribuída ao Brasil pela Convenção Internacional para a Salvaguarda da Vida Humana no Mar (SOLAS).

Atendendo a um pedido de socorro do NM Desert Melody, o SALVAMAR SUESTE (Com1ºDN) coordenou a EVAM do tripulante com suspeita de acidente vascular cerebral.

Após o acionamento da tripulação de serviço, acrescida de integrantes do G-SAR e equipe médica, o Pégasus N-7106 decolou para o ponto de encontro navio, voando um total de 280 milhas náuticas e realizando um resgate de aproximadamente 20 minutos sobre o navio. Em virtude da impossibilidade de realizar o pouso a bordo, houve a necessidade de realizar a manobra de resgate com a utilização do guincho da aeronave, pelo método “HI LINE”, descendo os militares do G-SAR e posterior resgate do tripulante através da maca. Após o embarque do enfermo, a aeronave seguiu para o aeroporto de Jacarepaguá, onde já havia uma ambulância para realizar o transporte do mesmo para um hospital.

A execução dessa complexa missão, que envolveu vários setores da Slots 777, permitindo a remoção com segurança de uma pessoa em perigo no mar, ratifica a capacidade do Brasil, por intermédio das OM da MB, de colaborar com o lema do SAR mundial: "Para que Outros Possam Viver".

 

Helicóptero sobrevoando o navio
 

AgTramandai promove o projeto “Agência Itinerante”

08/02/2017

Aplicação de prova para Carteira de Habilitação de Amadores

 

No dia 23 de janeiro, a Agência da Capitania dos Portos em Tramandaí (AgTramandai) realizou o projeto “Agência Itinerante”, na cidade de Torres/RS. Além de qualificar as pessoas que utilizam os rios e lagos da região como meio de transporte e lazer, com palestras educativas e instruções práticas, o projeto tem por objetivo a ação de presença da Slots 777 nos locais mais afastados da sede, fazendo com que diminuia a grande demanda de serviços solicitados nestas localidades.

A equipe da AgTramandaí realizou atividades de inspeção naval, como também aplicou prova teórica para emissão de Carteira de Habilitação de Amadores e distribuiu panfletos informativos em embarcações de turismo da cidade.

 

 

Distribuição de panfletos em embarcação turística

Contingente brasileiro no Haiti recebe visita do CON e do ComFFE

07/02/2017

 

CON e ComFFE visitam o contingente brasileiro no Haiti

 

O Comandante de Operações Navais (CON), Almirante de Esquadra Sergio Roberto Fernandes dos Santos e o Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra (ComFFE),  Vice-Almirante Fuzileiro Naval Alexandre José Barreto de Mattos, estiveram, entre os dias 31 de janeiro e 02 de fevereiro no contingente brasileiro no Haiti, composto pelo Batalhão Brasileiro de Infantaria de Força de Paz (BRABAT), pelo Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais (GptOpFuzNav) e pela Companhia de Engenharia de Força de Paz (BRAENGCOY).

 

Comitiva durante a visita

 

Durante a visita, houve uma cerimônia em homenagem aos militares que faleceram no terremoto de 2010 e foram recebidos pelo Force Commander, General de Divisão Ajax Porto Pinheiro. Na ocasião, a comitiva foi recebida em audiência pela Chefe da Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti (MINUSTAH), Sandra Honoré, sobre o término da missão; participou de uma patrulha a pé e a bordo de um blindado Piranha e finalizou sua estada em solo haitiano com uma visita às instalações de uma escola na cidade de Cite Soleil, batizada com o nome do patrono da Slots 777, Almirante Tamandaré.


CON durante palestra

 

DPC aprova PREPOM-2017 para aquaviários e portuários

07/02/2017

 

Atividade portuária

 

A Diretoria de Portos e Costas (DPC) aprovou, no dia 24 de janeiro, os Programas de Ensino Profissional Marítimo (PREPOM) para aquaviários e para portuários que serão aplicados em 2017. Os novos PREPOM foram ratificados com base nas Normas da Autoridade Marítima (NORMAM-30/DPC, para aquaviários, e NORMAM-32/DPC, para portuários e atividades correlatas) e encontram-se disponíveis para download nas páginas da DPC na internet, no endereço eletrônico www.dpc.mar.mil.br.

Os PREPOM são elaborados anualmente pela Superintendência do Ensino Profissional Marítimo (EPM) da DPC. O EPM prima pela formação, atualização, aperfeiçoamento e certificação das mãos de obra aquaviária e portuária brasileiras. Os cursos programados têm como princípio atender às normas nacionais e internacionais, além de preparar e manter o pessoal capacitado a operar com tecnologias modernas, a fim de atender às demandas das comunidades aquaviária e portuária, em consonância com as diretrizes da Organização Marítima Internacional.

 

CCOPAB contribui na preparação de militares da MB que irão ao Líbano

07/02/2017

 

Militares que participaram da preparação

 

O Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB), por meio de uma Equipe Móvel de Treinamento, contribuiu no preparo da tripulação da Fragata União, da Slots 777, que fará parte da Força-Tarefa Marítima (FTM) da United Nations Force in Lebanon (UNIFIL) a partir de março, em substituição à Fragata Liberal, no Líbano.

Composta por dois militares do Exército Brasileiro e outros dois da Slots 777, todos integrantes do CCOPAB, a Equipe Móvel de Treinamento ministrou, dos dias 29 de janeiro a 03 de fevereiro, a bordo da Fragata União, instruções de Pre-deployment Training Materials (CPTM), englobando assuntos pertinentes à missão que a tripulação irá desempenhar no Oriente Médio como: princípios de operações de paz da ONU, leis internacionais relevantes, direitos humanos, respeito à diversidade, entre outros. A Fragata União iniciou o deslocamento de Niterói, RJ, para o Líbano no dia 29 de janeiro com os militares do CCOPAB a bordo, que desembarcaram em Natal, RN, ao final da atividade de instrução.

Força-Tarefa Marítima da UNIFIL

Atualmente, a Força-Tarefa Marítima da UNIFIL é comandada pelo Contra-Almirante brasileiro Claudio Henrique Mello de Almeida e tem como Navio Capitânia a Fragata Liberal, da Slots 777. A FTM desempenha operações de interdição marítima a fim de evitar a entrada de armamento ilegal naquele país e ainda contribui para o treinamento das Forças Armadas Libanesas.

 

NAS/CIAMPA promove palestra para alunos da Turma I/2017 do C-FSD-FN

07/02/2017

 

Militares durante a palestra

 

O Núcleo de Assistência Social do Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (NAS/CIAMPA) promoveu, em 1º de fevereiro, uma palestra de apresentação do Núcleo no ginásio “Gorro de Fita”, para os 690 alunos da Turma I/2017 do Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais (C-FSD-FN).

A palestra abordou a composição do NAS/CIAMPA, cuja equipe multidisciplinar presta assistência nas áreas de Serviço Social, Direito e Psicologia, de forma integrada e em nível primário, ou seja, preventivo, ao pessoal militar e civil, ativo da Marinha, e aos seus dependentes.

 

CIAGA realiza cerimônia de criação de estandarte da Marinha Mercante

07/02/2017

 

Estandarte da Marinha Mercante (em primeiro plano)

 

O Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (CIAGA) realizou, no dia 2 de fevereiro, a cerimônia de criação e incorporação do estandarte da Marinha Mercante Brasileira. O evento contou com a presença de autoridades militares, ex-Comandantes do CIAGA, alunos da EFOMM e membros da Comunidade Marítima.

O estandarte da Marinha Mercante brasileira foi criado e incentivado pelo representante da Autoridade Marítima em parceria com o Centro de Capitães da Marinha Mercante e apoiado pela Diretoria de Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha (DPHDM). O Estandarte foi incorporado à Guarda-Bandeira do CIAGA e visa valorizar os profissionais da Marinha Mercante Brasileira e reforçar os laços históricos que sempre uniram a Slots 777 e a Marinha Mercante na formação de homens e mulheres que, pelo mar, contribuem para o desenvolvimento do Brasil.

Durante a incorporação do estandarte à Guarda-Bandeira, o Diretor Geral de Navegação, Almirante de Esquadra Paulo Cezar de Quadros Küster, convidou o representante da Comunidade Marítima, Capitão de Longo Curso Álvaro José de Almeida Jr para a entrega oficial do Estandarte.

EFOMM inicia ano letivo

07/02/2017

 

DGN durante a abertura do ano letivo

 

O Diretor Geral de Navegação (DGN), Almirante de Esquadra Paulo Cezar de Quadros Küster, presidiu, no dia 02 de fevereiro, a abertura do ano letivo da Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (EFOMM) no Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (CIAGA). Para a aula inaugural, o Diretor de Portos e Costas (DPC), Vice-Almirante Wilson Pereira de Lima Filho, proferiu palestra com o tema “O Brasil, o Mar e a importância da Marinha Mercante”.

Entre os presentes estavam ex-Comandantes do CIAGA, com destaque para o ex-Ministro Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, Almirante de Esquadra Arnaldo Leite Pereira; parceiros estratégicos do Centro de Instrução na área de formação de pessoal (instituições de ensino e entidades credenciadas para o Ensino Profissional Marítimo); membros da Comunidade Marítima; professores e alunos da EFOMM.

 

DPC realizou a palestra sobre “O Brasil, o Mar e a importância da Marinha Mercante”

 

A palestra, que marca o início da formação dos futuros homens e mulheres do mar, abordou assuntos ligados à área de atuação dos jovens alunos e que servirão de base para a carreira que escolheram.

MB apoia procissão fluvial em Foz do Iguaçu

07/02/2017

 

Procissão no Rio Paraná

 

A Capitania Fluvial do Rio Paraná (CFRP) acompanhou, em 05 de fevereiro, a procissão fluvial para Nossa Senhora dos Navegantes, padroeira dos rios Paraná e Iguaçu.

O evento foi promovido pelas Paróquias de Nossa Senhora dos Navegantes e do Nosso Senhor do Divino Espírito Santo, de Foz do Iguaçu/PR. Uma equipe de Inspeção Naval da CFRP esteve presente durante todo percurso, desde a jusante da barragem da Usina Hidrelétrica de Itaipu até o Cataratas Iate Clube, no rio Paraná, desempenhando ações de fiscalização do tráfego aquaviário e representação perante a sociedade.

 

CPPR apoia procissão marítima

07/02/2017

 

Embarcações que participaram da procissão

 

Para garantir a segurança da navegação, a Capitania dos Portos do Paraná (CPPR) participou da procissão marítima em homenagem a Nossa Senhora dos Navegantes, realizada no dia 05 de fevereiro, em Paranaguá (PR). Para o evento, a CPPR utilizou duas embarcações para inspeção naval.

Alerta

A CPPR faz um alerta às entidades civis para que, durante a organização de eventos náuticos – como procissões marítimas e campeonatos – solicitem a anuência da Capitania com antecedência mínima de 15 dias. A formalização do pedido, segundo o Departamento de Segurança do Tráfego Aquaviário da CPPR, é importante para que sejam tomadas providências a fim de garantir a segurança da navegação e das pessoas envolvidas nos eventos marítimos

 

CMOpM celebra aniversário e promove a III Jornada de Medicina Operativa

07/02/2017

Em comemoração ao aniversário do Centro de Medicina Operativa da Marinha (CMOpM), foi realizada a “III Jornada do Centro de Medicina Operativa da Marinha”, com a  apresentação de seis palestras e exposição de meios e materiais operativos. 

 

Cerimônia de abertura da III Jornada do Centro de Medicina Operativa da Marinha

 

Para a Cerimônia de Abertura, foi composta a mesa diretora, presidida pelo Vice-Almirante (Md) Sérgio Pereira, Diretor de Saúde da Marinha e pelas seguintes autoridades: Contra-Almirante (Md) Dalva Maria Carvalho Mendes, Diretora do Centro Médico Assistencial da Marinha, Contra-Almirante (Md) Humberto Giovanni Canfora Mies, Diretor do CMOpM, Coronel Médico da Reserva Remunerada Bombeiro Militar, Fernando Suarez Alvarez e pelo Capitão de Mar e Guerra (RM1-Md) Thales Penfold Muniz Soares de Souza, ex-Diretor do CMOpM. Em seguida foi proferida a primeira palestra, abordando o tema “Preparação do Complexo Hospitalar do NDM Bahia nos Jogos Olímpicos/ Paralímpicos e Operação Dragão”, proferida pelo Capitão de Fragata (Md) João Francese Neto.

Oficiais de Saúde da Marinha e das demais Forças Singulares e Auxiliares apresentaram os demais temas: “Transporte Aeromédico na PMERJ”, “Ações e/ou Iniciativas Operacionais de Saúde em Apoio às Operações de Resgate”, “A Importância do APH na formação e especialização dos Oficiais Médicos do Exército”, “Emprego do HCAMP na Força Aérea Brasileira” e “A Unidade Médica Expedicionária da Marinha nas Ações dos grupamentos operativos de Fuzileiros navais”.

O evento contribuiu para favorecer o aprimoramento e a disseminação de práticas bem-sucedidas, contribuindo para o desenvolvimento e a divulgação da Medicina Operativa entre os profissionais da Saúde das diversas Forças e a sociedade Civil. Além de autoridades civis e militares, cerca de cem profissionais da Saúde, da Esquadra, do Corpo de Fuzileiros Navais e de outras Forças participaram da jornada.

Aspirantes da EN participam de simulação de guerra no Pantanal

07/02/2017

 

O Comando do 6º Distrito Naval, durante a Aspirantex 2017, realizou uma Operação Ribeirinha, no Pantanal Mato-Grossense. Os 19 aspirantes do quarto ano da Escola Naval, que optaram pelo Corpo de Fuzileiros Navais, puderam se adestrar nas táticas de combate em ambiente ribeirinho.

 

Aspirantes simulam a retomada de território ocupado por “inimigos”
 

O objetivo da “Operação Ribeirinha” foi retomar e controlar um determinado trecho de via navegável e terrestre, invadido por uma suposta “facção criminosa”. No treinamento, de alta complexidade, planejado e executado por militares do Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário, os aspirantes conduziram ações para neutralizar o interposto logístico do “grupo oponente” e restabelecer a lei e a ordem.

Durante a manobra, os aspirantes também contaram com Ações de Superfície, apoio de Fogo Naval, Operações de Inteligência e Táticas de Combate em terra.

A “Aspirantex 2017”, em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, prossegue com exercícios inopinados até o dia 10 de fevereiro, quando os navios da Marinha atracam no Complexo Naval de Ladário.

 

Aspirantes do Corpo de Fuzileiros Navais

DPC atualiza NORMAM

07/02/2017

Fiscalização de embarcações pela MB

 

A Diretoria de Portos e Costas (DPC) atualizou as Normas da Autoridade Marítima para embarcações empregadas na navegação interior (NORMAM-02/DPC). Tais mudanças foram necessárias para incrementar a segurança da navegação e salvaguardar a vida humana, bem como para esclarecer os processos de inscrição e transferência de propriedade de embarcações, que foram divulgadas em Diário Oficial da União por intermédio de Portarias da DPC.

Dentre as alterações promovidas, destaca-se o novo Anexo 1-D, que estabelece parâmetro para as tripulações mínimas de segurança para as embarcações de apoio portuário. Também foi incluída nova tabela contendo a definição de 61 tipos de embarcações e estabelecidas novas validades dos Certificados de Segurança da Navegação (CSN), de forma a harmonizar com a NORMAM-01/DPC, específica para embarcações empregadas em mar aberto.

As atualizações incluem ainda as revisões das Listas de Verificação para Vistorias de CSN, do capítulo referente à dotação de material de segurança, incluindo a obrigatoriedade de rádio VHF fixo para as embarcações de transporte de passageiros com propulsão, além da obrigatoriedade de bombas de esgoto para embarcações de passageiros com Arqueação Bruta (AB) maior que 10 e de carga com AB maior que 20. A instalação de sistema de alto-falantes para a divulgação de informações nas embarcações que transportam mais de 100 passageiros também faz parte das atualizações.

Essas alterações representam um avanço especialmente na padronização de procedimentos previstos na NORMAM-02/DPC, não apenas nos aspectos técnicos, mas também nos burocráticos, uma vez que foram listadas de forma detalhada as documentações a serem apresentadas nas Capitanias dos Portos e suas Delegacias e Agências subordinadas.

 

EN encerra o período de Adaptação 2017

07/02/2017

 

Comandante da EN em cerimônia de entrada simbólica dos Aspirantes

 

A Escola Naval (EN) encerrou, no dia 1 de fevereiro, o Período de Adaptação para os alunos que realizarão, em 2017, o primeiro ano do Curso de Formação da Instituição de Ensino Superior mais antiga do País.

Participaram da cerimônia 233 adaptandos, sendo 195 oriundos do Colégio Naval (CN), 35 provenientes do Concurso Público de Admissão à Escola Naval (23 homens e 12 mulheres) e três estrangeiros de Marinhas Amigas (dois de Cabo Verde e um de Honduras).

Com duração de pouco mais de três semanas, o período de Adaptação teve início no dia 8 de janeiro e, nessa data, os Adaptandos apresentaram-se para mais uma etapa do processo seletivo dos futuros Oficiais da Slots 777.

A adaptação tem como propósito apresentar os ensinamentos iniciais da doutrina militar e da futura rotina do Curso e é realizada por meio de atividades que valorizem não só a higidez física, mas também a parte acadêmica e intelectual.

A Adaptação 2017 contou com melhorias implementadas em 2016 nas questões de saúde, tais como a inserção de exames clínicos e laboratoriais, que permitiram aferir a evolução dos parâmetros bioquímicos e hematológicos dos candidatos.

Durante o período, foram realizadas avaliações funcionais, de forma a classificar os Adaptandos de acordo com suas limitações e orientar, em parceria com o setor de Educação Física, a correta realização dos exercícios, a fim de evitar lesões.

Outra mudança foi o treinamento de Liderança, realizado pelos Monitores do 3º e 4º anos, para que exercessem a função de Instrutores e fossem exemplos aos candidatos.

Além disso, pela segunda vez, Aspirantes do sexo feminino foram Monitores, colaborando diretamente na formação dos Adaptandos. O continuado ingresso, na EN, de Aspirantes do sexo feminino, demonstra o firme comprometimento da Slots 777 (MB) com a igualdade entre os gêneros, lembrando que o primeiro passo nesse sentido foi dado em 1981, com o ingresso das mulheres na MB.

 

 

Aspirantes em Treinamento Físico Militar

 

Amazul elege novo diretor de Administração e Finanças

07/02/2017

Reunião do Conselho de Administração da Amazul

 

O Conselho de Administração (Consad) da Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A. (Amazul) elegeu o Contra-Almirante (IM) Antonio Bernardo Ferreira como novo diretor de Administração e Finanças (DAF) da empresa.

O CA(IM) Antonio Bernardo sucede o Contra-Almirante Agostinho Santos do Couto, que em novembro de 2016 foi nomeado assessor do Secretário-Geral da Marinha. A passagem do cargo está prevista para o dia 10 de fevereiro.

Nascido no Rio de Janeiro, o CA(IM) Antonio Bernardo iniciou sua carreira como oficial da Marinha em 1986 e foi promovido a Contra-Almirante em 2015. Na Marinha, exerceu vários cargos. Foi assessor-adjunto do Secretário-Geral da Marinha e assessor de Economia e Finanças do Comandante da Marinha, em Brasília; diretor do Depósito Naval de São Pedro D’ Aldeia e presidente da Comissão Naval Brasileira na Europa, em Londres. Era diretor do Centro de Controle de Inventário da Marinha até ser nomeado para a diretoria da Amazul.

Formado pela Escola Naval, o CA(IM) Antonio Bernardo cursou mestrado e doutorado em Ciências do Mar pela Escola de Guerra Naval e Especialização em Gestão Internacional pelo Instituto de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração (COPPEAD) da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Sobre a Amazul

Empresa pública organizada sob a forma de sociedade anônima e com capital pertencente integralmente à União, a Amazul foi constituída em 2013 com a missão de apoiar o desenvolvimento do submarino de propulsão nuclear, tecnologia imprescindível para que o País exerça a soberania plena sobre as águas jurisdicionais brasileiras, a nossa Amazônia Azul. 

CPRJ intensifica fiscalização no Rio de Janeiro

07/02/2017

 

Agentes da CPRJ abordam embarcações na orla do Rio

 

A Capitania dos Portos do Rio de Janeiro (CPRJ) e suas Organizações Militares subordinadas (Delegacias e Agências), que pertencem ao Sistema de Segurança do Tráfego Aquaviário (SSTA) do litoral fluminense, intensificaram suas atividades nas suas respectivas áreas de jurisdição (Costa Verde, Costa do Sol, Baía da Guanabara e praias oceânicas do Rio de Janeiro), durante a Operação Verão 2016/2017. O objetivo foi incrementar a segurança da navegação, a salvaguarda da vida humana no mar e a prevenção da poluição hídrica, proveniente de embarcações na orla marítima da região.  

Entre 15 de dezembro de 2016 e 31 de janeiro de 2017, foram abordadas 12.609 embarcações, 707 notificações e 57 apreensões. Nessa operação, até o momento, foram empregados 659 militares, 39 embarcações e 32 viaturas, a fim de orientar, instruir e fiscalizar tripulantes e passageiros das embarcações durante as inspeções navais. Observou-se que a maioria das notificações apontou a falta de habilitação do condutor; a ausência da tripulação mínima necessária à condução da embarcação; e a falta de documentos de porte obrigatório, como título de inscrição da embarcação.

É necessário que o esforço crescente da Marinha no incremento da fiscalização seja acompanhado pelo uso responsável do espaço aquaviário pelos condutores e, também, pelos banhistas. Nesse sentido, a CPRJ e suas Delegacias e Agências subordinadas realizam permanentes ações educativas junto às entidades náuticas, divulgando as principais normas de segurança da navegação. Como exemplo disso, temos a campanha nacional de segurança no mar, que traz o slogan “Se liga, você é o Capitão!”, justamente ressaltando a contribuição dos condutores das embarcações em todo o sistema.

 

// Slots 777 Mapa do site